André Aciman no 'Trilha de Letras' - Divulgação
André Aciman no 'Trilha de Letras'Divulgação
Por O Dia

Rio - O programa "Trilha de Letras", que vai ao ar na TV Brasil na terça-feira, receberá o escritor André Aciman, autor do livro "Me chame pelo seu nome", que inspirou o filme homônimo ganhador do Oscar de melhor roteiro adaptado. 

Durante o programa, ele fala sobre a história de amor de sua obra que teve maior repercussão. "A trama é muito simples. Um garoto de 17 anos vive com seus pais em um casarão no litoral da Itália. Todo ano, o pai recebe um estudante na faixa etária de 20 a 30 anos que o ajuda no trabalho durante seis semanas enquanto ele termina de escrever um livro para a universidade. O jovem se apaixona pelo aluno convidado".

Aciman explica para Raphael Montes que o filho do professor conta de forma indireta o que sente para o estudante que corresponde o sentimento. "Eles se relacionam e vivem o grande amor de suas vidas, mesmo sendo uma relação breve", afirma.

Em um bate-papo leve, o escritor estrangeiro abre o coração e destaca a importância do amor não só em sua literatura como na vida. "O amor é o que nos une às outras pessoas e o que nos ancora na Terra. Amor e desejo são muito parecidos e, de certa forma, eles determinam a sua experiência de vida", sugere André Aciman.

O autor egípcio mergulha na interação dos relacionamentos. "Talvez o segredo do amor seja você se apaixonar por quem você é, primeiro e, acima de tudo, através da outra pessoa. Essa troca de identidade é essencial. Você perde parte de si porque doa para outra pessoa que guarda para você. A beleza do romance e do amor é quando você se entrega para alguém".

André Aciman também pontua os problemas que podem acontecer numa relação de casal. "Os piores relacionamentos são aqueles em que você está com alguém que faz você odiar a si mesmo. Essa relação não tem futuro", define o convidado.

Apresentado por Raphael Montes, o programa Trilha de Letras tem reprise na TV Brasil às quartas, às 6h da manhã. A atração também pode ser acompanhada nas ondas do rádio toda terça-feira, às 23h, na Rádio MEC AM Rio 800kHz, e aos domingos, na mesma emissora, às 12h30.

Você pode gostar