Nicole Balhs - Divulgação/ Vinny Nunes/ Palmer Assessoria de Comunicação
Nicole BalhsDivulgação/ Vinny Nunes/ Palmer Assessoria de Comunicação
Por O Dia
Rio - Nicole Bahls resolveu abrir o jogo e revelar como era a época em que fazia parte do "Pânico na TV". A musa, que foi panicat durante oito anos, falou sobre os quadros diferentes que participava.
“Quem não fazia ficava na geladeira um tempo, não era obrigada, mas aí se você ficasse na geladeira, suas campanhas diminuíam, quem tivesse nas matérias, era mais trabalho. Ninguém é obrigado a nada, o que você passa na vida é o que você se permite passar”, falou em uma conversa no "Power Couple". 
Publicidade
Ela também falou que as panicats escolhiam fazer os quadros nos quais se sentiam mais à vontade. “A gente gostava. Tinha que beijar o Rodela, que era banguela, a Juju e a Bolina já sabiam que iam tirar de letra. Tinha o quadro ‘Andando sob a Água’, no inverno, a gente gravava de madrugada numa represe em Bragança Paulista, se andasse errado tinha que voltar, secar o cabelo para regravar. Era uma ponte transparente que tem embaixo da água, a gente tem que treinar para correr e não podia olhar na reta da ponte. A Bolina aguentava mais”, explicou.