Internautas percebem referências ao governo Bolsonaro em série da Globo

'Filhos da Pátria' foi ao ar na noite desta terça-feira

Por O Dia

Personagem de 'Filhos da Pátria' faz sinal de armas com a mão
Personagem de 'Filhos da Pátria' faz sinal de armas com a mão -
Rio - O episódio desta terça-feira da série "Filhos da Pátria", exibida pela Globo, chamou atenção dos internautas. Muitas pessoas repararam em referências ao governo Bolsonaro. A série exibiu frases como "acabou a mamata", "menino veste azul e menina veste rosa" e também teve uma personagem fazendo o gesto de arminhas com a mão.
Em uma das cenas, militares cercaram o palácio onde vivia o presidente Washington Luis, com o objetivo de tirá-lo do poder. Neste momento, um dos tenentes da 1ª Brigada de Cavalaria diz: "A nossa República caiu. Acabou a mamata, a corrupção, os conchavos, troca de favores, o cabide de empregos". 
Uma das cenas mostra a personagem Maria Teresa (Fernanda Torres) espantada ao ver o filho vestido com roupas de mulher. "Deus, porque não me fulminas. Eu criei os meus filhos para serem cordeiros seus e eles se transformam em ovelhas negras. Menino veste azul, menina veste rosa", diz a personagem. 
O impeachment de Dilma Rousseff (PT), que aconteceu em 2016, também foi lembrado pela série quando Maria Teresa faz um panelaço e pede a saída de Washington Luis usando a frase "tchau, querido". 
"Quem é esse barbado que querem tirar fora?", pergunta Maria Teresa que, ao escutar que se trata de Washington Luis, insiste. "E pode tirar um presidente assim só porque o povo quer? Adorei isso. 'Não gostei de você, rua'.Tchau, barbado. Tchau, querido". 
Os internautas comentaram as referências nas redes sociais.  
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários