Repórter leva tapa no bumbum durante cobertura de corrida de rua: 'você me violou'

Alex fez desabafo nas redes sociais e seu vídeo já tem mais de 11 milhões de visualizações

Por O Dia

Repórter foi assediada por pastor enquanto fazia cobertura de uma corrida de rua
Repórter foi assediada por pastor enquanto fazia cobertura de uma corrida de rua -
Rio - Uma repórter de uma emissora americana cobria uma corrida de rua, no último fim de semana, quando foi assediada por um homem que participava do evento. Alex falava com a câmera quando o homem passou e deu um tapa no bumbum da jornalista. 
Revoltada, a repórter fez um desabafo no Twitter e o vídeo já tem mais de 11 milhões de visualizações. "Você me violou, objetificou e humilhou. Nenhuma mulher deveria passar por isso, no trabalho ou em qualquer outro lugar! Melhore", escreveu Alex ao postar as imagens. 
De acordo com internautas, a partir do número de inscrição do homem, foi possível identificar que o assediador é um pastor do estado da Georgia, chamado Tommy. 
Ao "New York Post", o advogado de Tommy afirmou que o pastor é um homem de família e não teve intenção criminosa. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários