Na reta final, 'Éramos Seis' tem encontro histórico entre três Lolas

Irene Ravache viveu a personagem nos anos 1990 e encontrará Glória Pires na atual versão da novela. Nicette Bruno, que também interpretou a protagonista, vai atuar com elas

Por O Dia

Irene Ravache e Glória Pires juntas em cena de 'Éramos Seis'
Irene Ravache e Glória Pires juntas em cena de 'Éramos Seis' -
Rio - O capítulo desta terça-feira de "Éramos Seis" será marcado pelo encontro histórico de três atrizes que interpretaram a protagonista, Dona Lola, na novela em épocas diferentes. Glória Pires, Nicette Bruno e Irene Ravache estarão em cena juntas. 
Glória Pires interpreta Dona Lola na atual versão da novela. Já Nicette Bruno vai entrar na trama como Madre Teresa, que coordena o asilo; e Irene Ravache, participando como Tereza, viúva que mora no local.
Tudo começará quando Lola (Glória Pires) decidir sair da casa da filha para ir morar em um asilo. A caçula levará a mãe até um pensionato, onde ela encontrará Madre Teresa. "Não quero atrapalhar a vida dela, madre, vive com o marido, os dois 'casadinhos de novo'. Tenho certeza que aqui ficarei melhor e poderei ajudar", diz dona Lola. 
Mais tarde, enquanto faz tricô em um jardim, Lola conhecerá Tereza. "A vida é hoje como um céu sombrio, chuvoso todos os dias. Mas não devemos nos lamentar, não é mesmo? O que interessa é que os filhos sejam felizes. Mesmo que fiquemos sozinhas...", diz Tereza. 
"Não estamos sozinhas... Não estamos aqui, as duas, e ainda por cima sendo úteis? Eu já passei por muitas tristezas na minha vida, imagino que a senhora também. Mas, olhando pra trás, é uma maravilha ver que nós estamos aqui, firmes e fortes", diz Dona Lola.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários