Âncora da CNN mostra raio x de pulmão para alertar sobre gravidade da covid-19

Chris Cuomo foi diagnosticado com o coronavírus há alguns dias e fez relato impressionante sobre a doença

Por O Dia

Chris Cuomo mostra raio-x do pulmão para alertar sobre a gravidade do coronavírus
Chris Cuomo mostra raio-x do pulmão para alertar sobre a gravidade do coronavírus -
Rio - Chris Cuomo, âncora da CNN e irmão do ex-governador de Nova York Andrew Cuomo, mostrou nesta terça-feira um raio-x de seus pulmões para alertar sobre a gravidade da covid-19. Chris Cuomo foi diagnosticado com o novo coronavírus há alguns dias. 
Aos 49 anos, Cuomo tem se recuperado bem e deu detalhes de como está enfrentando a doença. "Quando a febre vem, você quer só se encolher por 7 ou 8 horas, mas tem que levantar, andar, trocar de roupa, tomar remédios, se hidratar. Quanto mais lutar contra isso, melhor", disse em entrevista a CNN.
"Se você tem coronavírus, o pior medo é com relação aos seus pulmões. Por que esta doença quer seus pulmões. Isso quer os seus pulmões! No final de semana minha febre diminuiu e a dor começou a ir pro meu peito, então fiz um raio X dos meus pulmões. Os médicos esperam ver infiltrações (nos pulmões), porque eu tenho o vírus. Não tenho pneumonia, mas é assustador ver seu pulmões e ver essa mancha aí. O que é isso?! E eles dizem: 'sim, é o vírus. Está aí dentro de você'", relatou.
O âncora da CNN também disse que perdeu 5kg em três dias. "Eu sou um cara grande. Estava com 104 quilos. Minha esposa está me alimentando como se ainda estivéssemos na fase de namoro. Então não é como se eu estivesse sofrendo de desnutrição. Estou comendo e bebendo constantemente, estou apenas suando e é a doença", disse.
Cuomo explicou que nunca se sentiu deste jeito. "Nunca tive algo parecido. Nunca tive uma febre como essa, o tempo inteiro, com dores no corpo, tremedeira e a preocupação de não conseguir fazer nada...", explicou. 
Chris Cuomo é âncora do Cuomo Prime Time, na CNN Internacional, há alguns anos. Ele também é comentarista de outras atrações do canal de notícias norte-americano.

Comentários