Pressão nos bastidores faz jornalistas desejarem ir embora da CNN Brasil

Profissionais estão ficando desgastados com a cobrança

Por IG - Gente

Reinaldo Gottino
Reinaldo Gottino -

Algumas mudanças foram anunciadas pela CNN Brasil na última quinta-feira (4) e passaram a valer nesta segunda-feira (8). Segundo informações do NaTelinha, os bastidores da emissora, que está há praticamente três meses no ar, pode explicar isso.

Existiria uma pressão muito grande por resultados imediatos e metas de audiência dentro da CNN. Essas constantes cobranças, no entanto, têm causado insatisfação entre profissionais. Segundo o site, alguns jornalistas contratados já conversam com suas antigas emissoras desejando retornar a elas. Este foi o caso de Reinaldo Gottino, que foi o primeiro que abandonou o projeto.

William Waack - Divulgação

A insatisfação, inclusive, faz com que pelo menos três profissionais que trabalham na produção do canal de notícias sondem um retorno para a Band, mas todos disseram que isso não seria possível neste momento. E outros, antigos contratados do Grupo Globo, já sinalizaram para seus antigos chefes o desejo de retornar à GloboNews.

Fontes internas afirmam que existe uma decepção com o "Jornal CNN", comandado por William Waack. O jornalístico, que prometia ser o carro-chefe da programação, foi considerado pouco ágil e sem repercussão. Já o "CNN 360" tem sido uma grata surpresa à emissora, conquistando picos de 2 pontos de audiência em São Paulo. Quanto ao "Visão CNN", jornal que mais sofreu mudanças, os executivos esperavam mais, ainda segundo informações do NaTelinha.

Galeria de Fotos

Reinaldo Gottino Reprodução de internet
William Waack Divulgação

Comentários