Francesa morando no Rio, Yara Charry diz estar realizada com a profissão de atriz

Vivendo no Brasil desde 2016, Yara Charry diz que pretende trabalhar muito por aqui e não tem mais vontade de voltar a morar na França

Por Brunna Condinni

YARA CHARRY (Perfil - ATRIZ FRANCESA, UMA DAS PROTAGONISTAS DE
YARA CHARRY (Perfil - ATRIZ FRANCESA, UMA DAS PROTAGONISTAS DE "MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS) -

Rio - De nacionalidade francesa, Yara Charry, a Jade de 'Malhação: Vidas Brasileiras', se apaixonou pelo Brasil e pela carreira de atriz. E revela que hoje não tem intenção de voltar a morar no país europeu.

"Fui convidada para fazer 'Velho Chico', mudei para o Brasil e não tive mais vontade de ir embora. Claro que bate saudades da família, amigos e, até mesmo da rotina. Mas aqui vivo encantada com minha profissão", entrega. "Me encanta a possibilidade de viver muitas personagens, e de ver a arte a serviço de assuntos importantes".

Na trama adolescente, ela vive uma das protagonistas da história, linda e moderna, e com o tempero da vilania. Jade também sonha com a carreira de cantora internacional. Um prato cheio para Yara, que empresta sua experiência para dar vida à personagem.

"Na França, trabalhei como modelo e tenho vários cursos na área de moda. Além disso, canto desde muito nova. Durante quase dez anos, entre a infância e adolescência, cantei ópera no Coral de Paris. Cheguei a me apresentar pela Europa. Foi um momento muito marcante", lembra.

"Na preparação para a novela, comecei a escutar muitas músicas brasileiras. Me ajudou a aperfeiçoar o português e aprender mais sobre os ritmos daqui, que cada dia que passa, gosto mais".

E o que ela tem curtido de som por aqui?

"Gosto muito do Lagum, da Tassia Reis, Liniker e do grupo Um44k. Na verdade, não tenho muita preferência, amo vários gêneros", diz.

A trama vem esquentando e, apesar das 'maldades', Yara defende sua Jade:

"A vilania dela está em fazer bullying, mas não por maldade. E sim porque ela quer, de alguma forma, as pessoas próximas para ajudá-la a alcançar seus objetivos. Jade é mais uma pessoa esperta do que uma vilã".

Nos próximos capítulos, Jade vai estar envolvida na trama da amiga Pérola (Rayssa Bratillieri), que desenvolve bulimia. Mais um assunto importante que o folhetim traz para o centro do debate.

"Nunca passei por isso e nem tive ninguém tão perto que tivesse passado, mas me sensibilizo muito. Ver a novela a esse serviço é algo bonito. Quantas meninas não passam por isso e se sentem sozinhas? Jade se preocupa com Pérola. Debater esses assuntos nos faz crescer como seres humanos. A empatia é o que nos move para percebermos que pode ter alguém sofrendo de bulimia bem debaixo do nosso nariz".

DENTRO DO MUNDO DA MODA

Antes de 2016, Yara tinha uma vida bem diferente, com cursos nas áreas de estilismo e marketing da moda, todos concluídos em Paris. Aliás, ela chegou a trabalhar na Chanel, na França.

"A moda é algo que amo. Já está na minha veia. Vivi experiências incríveis nessa área. Trabalhar com moda amplia os horizontes, além de ser apaixonante", diz. "A Jade adora se vestir bem e costuma estar sempre atenta ao estilo dos outros também. Ao interpretá-la, revisito uma área que sempre fará parte da minha vida".

E ela observa:

"Ser atriz é algo que transcende. Te permite tocar o coração das pessoas e isso é algo maravilhoso. Hoje, sou completamente apaixonada pela minha profissão e não penso mais em modelar", analisa a atriz de 20 anos.

Não deu medo fazer tantas mudanças tão nova?

"Sempre dá um frio na barriga quando temos algo novo pela frente, né?", confessa. "Mudar tem muito a ver com fazer escolhas, algo que considero natural. Atuar se tornou meu sonho, e eu teria que lutar por ele, então vejo os desafios como algo positivo. Porque o desejo impulsiona. Minha família, mesmo estando longe, é muito companheira. Falo todos os dias com minha mãe".

FRANÇA X BRASIL

Bem-humorada, Yara diz que nunca conseguiu comparar Brasil e França.

"Acredita que nunca consegui mesmo? Para mim, são países bem diferentes, o que os tornam únicos no que eles têm de melhor", comenta.

"Aqui, por exemplo, é bem quente, tropical. Lá na França é bem mais frio. O Brasil é repleto de praias. Enquanto lá, pelo menos na cidade que eu morava, não tinha. E olha, posso dizer que já amo o Rio, tanto quanto Paris".

Já se sente carioca?

"Ah, como não se sentir carioca nessa terra maravilhosa?", diverte-se.

"Aqui é muito bonito e já fiz amigos que quero levar para vida toda. E eles falam pra mim: 'Amiga, você está muito carioca!'. Além de ser o lugar onde amo trabalhar".

E quando é bem francesa?

"Acho que nas minhas opiniões e principalmente nos meus pensamentos. Inclusive, já sonhei e sonho em francês", diverte-se.

Yara está visivelmente feliz e faz planos de trabalhar muito por aqui.

"Estou realizada. Realmente, amo meu trabalho e acho que o melhor sonho é sempre o próximo personagem".

Galeria de Fotos

YARA CHARRY (Perfil - ATRIZ FRANCESA, UMA DAS PROTAGONISTAS DE "MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS) Faya
YARA CHARRY (Perfil - ATRIZ FRANCESA, UMA DAS PROTAGONISTAS DE "MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS) Faya
YARA CHARRY (Perfil - ATRIZ FRANCESA, UMA DAS PROTAGONISTAS DE "MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS) FOTOS Faya
YARA CHARRY (Perfil - ATRIZ FRANCESA, UMA DAS PROTAGONISTAS DE "MALHAÇÃO: VIDAS BRASILEIRAS) Faya
Jade (Yara Charry) e Pérola (Rayssa Bratillieri) em uma manisfestação João Miguel Júnior/TV Globo
Gabriela (Camila Morgado) com Jade (Yara Charry) João Cotta/TV Globo

Comentários

Últimas de DMulher