No especial mulher, a diretora geral do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), Ilza Boeira Fellows
No especial mulher, a diretora geral do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN), Ilza Boeira FellowsDivulgação
Por O Dia
Nosso especial do mês em homenagem às mulheres, tem destaque hoje para a história da médica Ilza Boeira Fellows, de 59 anos, diretora geral do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN). Ela não teve filhos, mas cuida de cada paciente como se fosse sua cria. A médica foi pioneira no atendimento humanizado no hospital e diariamente faz desse tratamento carinhoso um grande diferencial para ajudar a salvar vidas e dar destaque aos atendimentos realizados na unidade.

Paulista de naturalidade, Ilza elegeu Niterói como sua cidade, desde os nove anos. Seus sobrinhos são sua paixão, assim como seus netinhos de coração. Além disso, a executiva ama a natureza, pratica stand-up, faz Yoga e joga tênis. Ela é claro, deixou um recadinho especial para a gente nesse mês tão importante para nós mulheres.

- Ainda existe muita dificuldade da mulher executiva se impor no mercado de trabalho. Nós sempre precisamos provar nossa competência mais que os homens nos capacitando para conquistar o mercado com oportunidades efetivas. Mas uma coisa é fato. A mulher traz leveza e cuidado, com assertividade, nas relações interpessoais e no grupo que coordena – disse a médica Ilza Fellows.

Termino essa homenagem com uma lembrança da minha última visita ao CHN: no corredor do setor de transplantes, onde pacientes permanecem em longo período internados, uma “janela” virtual com imagens do mundo do mar, natureza, céu... No andar, também existe uma árvore da vida onde pacientes podem deixar recados. Li alguns e chorei! Naquele momento compreendi a diferença do funcional e eficaz com o humano. Ali, existia um toque de amor aprovado pelas mãos carinhosas de uma mulher que nos inspira .