Por O Dia

Duque de Caxias - A Casa Brasil Imbariê está de volta. Localizada na Avenida Coronel Sisson, Lote 15 e 16, quadra 02, no bairro de Imbariê, no terceiro distrito, o espaço oferece diversas atividades públicas e gratuitas.

Uma das novidades neste primeiro semestre de 2019 é a “Oficina de Histórias em Quadrinhos – Meu lar é minha história”, uma parceria da Capa Comics com a Secretaria municipal de Cultura. A oficina não é um curso de desenhos, mas pretende passar aos participantes o modo de entendimento da linguagem, a escrita, ilustração, composição de cena, cenário, produção e editoração de uma revista de quadrinhos. A proposta da oficina é utilizar o bairro ou o município como cenário das histórias em quadrinhos, como desafio de criatividade dos produtores de histórias. As inscrições estão abertas até 08/03 ou até o preenchimento de todas as vagas.

Oficina de Quadrinhos é a novidade da Casa Brasil Imbariê - Divulgação

As oficinas acontecem na sede da Casa Brasil Imbariê (a partir de 12/03) e na Biblioteca Leonel Brizola (a partir de 14/03). As inscrições podem ser feitas, de segunda a sexta, das 9h às 14h. Os interessados devem ter idade mínima de 15 anos e ter em mãos documento de identidade com foto e comprovante de residência.

Outras modalidades

Entre os cursos gratuitos programados para o 1º semestre de 2019 também estão: Teatro, Desenho Mangá, Canto (parceria com a Fundec), Violão (parceria com a Fundec), Artesanato, RPG, Capoeira, Jiu-Jitsu, Mitologia, Reforço Escolar (Português e Inglês) do 6º ao 9º ano e Reforço Escolar (Português e Inglês) para Enem.

Mais informações no local ou pelo telefone (21) 2778-1791.

Sobre a Casa

A Casa Brasil foi inaugurada em 10 de setembro de 2007 com o objetivo de ser um centro de inclusão digital para a comunidade do 3º Distrito, oferecendo gratuitamente diversos cursos e atividades voltadas para informática, audiovisual entre outros.

Em janeiro de 2017, a Secretaria municipal de Cultura e Turismo encontrou o espaço abandonado. Depois de promover pequenas melhorias, o local voltou a ser aberto ao público.

- Foram dois anos de muito esforço e dedicação para que, enfim, pudéssemos reabrir a Casa Brasil com sua capacidade total, disponibilizando à população do terceiro distrito atividades voltadas para a disseminação de atividades artísticas e culturais, de modo a ser um polo integrador e propagador da cultura no município - destaca a secretária, Daniele Reis.

Você pode gostar
Comentários