Mestre Fafá na quadra da Grande Rio em janeiro de 2019 trabalhando na arrecadação de água e mantimentos para a população de Brumadinho-MG, vítima de desastre ambiental - Acervo pessoal
Mestre Fafá na quadra da Grande Rio em janeiro de 2019 trabalhando na arrecadação de água e mantimentos para a população de Brumadinho-MG, vítima de desastre ambientalAcervo pessoal
Por O Dia
Duque de Caxias - Com a necessidade de isolamento social em função da crise do coronavírus, muitas famílias, especialmente as de maior vulnerabilidade social, estão encontrando dificuldades financeiras para conseguirem se manter. Pensando nisso, o Acadêmicos do Grande Rio começa a partir desta segunda-feira, 6, a receber doações de alimentos e materiais de higiene para a comunidade caxiense. De segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, a quadra da agremiação contará com um plantão feito por membros da diretoria para dar o suporte logístico para a ação.

Com uma doação inicial de 1.000 cestas básicas feitas pela própria agremiação, a escola pretende engajar um grande número de personalidades na campanha, como empresários e artistas, para que o volume de mantimentos consiga ser significativo e abranger o maior número de necessitados.
“Sempre tivemos uma boa relação com meio artístico. É o momento de todos se unirem em prol da solidariedade. Duque de Caxias tem uma população de quase 1 milhão de habitantes, sendo que a boa parte é de baixa renda. A escola não pode se omitir em um momento como esse”, declara Jayder Soares, presidente de honra da Grande Rio.

Além das cestas básicas e material de higiene e limpeza, a agremiação irá, ainda, distribuir à comunidade máscaras de tecidos que serão confeccionadas em um dos seus ateliês dentro do município, com a finalidade de auxiliar na prevenção ao contágio pelo vírus.