Comércio foi fechado por medo de represálias de traficante, em luto por causa da morte de Charlinho do Lixão - Luciano Belford/Agência O Dia
Comércio foi fechado por medo de represálias de traficante, em luto por causa da morte de Charlinho do LixãoLuciano Belford/Agência O Dia
Por O Dia
Duque de Caxias - A Prefeitura de Duque de Caxias prorrogou a data de validade das medidas de prevenção e enfrentamento da propagação ao contágio decorrente do novo coronavírus na cidade. De acordo com o artigo 10º do novo decreto municipal, continuam suspensas até o dia 11 de maio: as atividades comerciais como cinemas, shopping centers e estabelecimentos comerciais similares, além de bares e botecos. O documento também suspende pelo mesmo período a frequência da população a piscinas, rios e cachoeiras do município.
O decreto não se aplica a supermercados, farmácias e serviços de saúde, como hospitais, clínicas, laboratórios e estabelecimentos congêneres, em funcionamento no interior de shopping centers, centro comerciais e estabelecimentos análogos. Segundo a Prefeitura de Duque de Caxias, o objetivo é resguardar o interesse da coletividade na prevenção do contágio e no combate da propagação da Covid-19, diante do aumento de pessoas contaminadas.
Publicidade
O documento também reconhece a manutenção da situação de emergência no município por tempo indeterminado.