Duque de Caxias começa a aplicar segunda dose da vacina em profissionais de saúde - Divulgação
Duque de Caxias começa a aplicar segunda dose da vacina em profissionais de saúdeDivulgação
Por O Dia
Duque de Caxias - A cidade da Baixada Fluminense iniciou, na manhã desta segunda-feira (8/02), a aplicação da segunda dose da vacina contra o coronavírus nos profissionais de saúde. Assim como da primeira vez, a enfermeira Elisângela Luiza da Silva Campos, de 44 anos, foi a primeira a receber a segunda dose e está imunizada contra a Covid-19. Ela trabalha no Hospital Municipal São José, que é exclusivo para o tratamento de pacientes com a doença.

“Essa segunda dose da vacina traz a certeza de que tempos melhores virão. Muitos profissionais de saúde estavam com medo de atuar na linha de frente e, com a vacina, temos a certeza de que teremos mais reforço para ajudar ainda mais no combate desse vírus”, disse Elisângela.
Duque de Caxias começa a aplicar segunda dose da vacina em profissionais de saúde - Divulgação
Duque de Caxias começa a aplicar segunda dose da vacina em profissionais de saúdeDivulgação


A aplicação da segunda dose para os profissionais da saúde em Duque de Caxias ocorreu nos Hospitais São José, Moacyr do Carmo, UPA Beira-Mar e Maternidade de Santa Cruz da Serra. Até o momento, o município recebeu cerca de 20 mil doses das vacinas Coronavc e Oxford/Aztrazeneca. Desse total, aproximadamente 15 mil pessoas já receberam a primeira dose do imunizante na cidade de Duque de Caxias.

“Vamos aplicar a segunda dose para todos os profissionais da saúde. Começamos com o Hospital São José e estamos recomeçando por ele. Vamos receber vacina e imediatamente vacinar nossa população”, declarou o prefeito Washington Reis, que acompanhou a aplicação da segunda dose na manhã desta segunda-feira.

Neste momento, a vacinação contra a Covid-19em Duque de Caxias segue a seguinte programação:

* Servidores da Saúde – os profissionais começaram a receber a segunda dose da vacina.

*Idosos acamados– Maiores de 80 anos: Aqueles que estão enfermos ou têm impedimentos de saúde para locomoção, recebem a visita das equipes das Unidades de Saúde da Família (USF) para a aplicação da primeira dose da vacina. Os idosos que não estão cadastrados em área de USF, devem buscar informações de como fazer esse cadastro, na unidade de saúde municipal próxima à residência.