Volta Redonda inicia vacinação contra a gripe para primeiro grupo prioritário
Volta Redonda inicia vacinação contra a gripe para primeiro grupo prioritárioDivulgação
Por O Dia
Duque de Caxias - A Câmara de Vereadores de Duque de Caxias aprovou, por unanimidade, a inclusão de deficientes no grupo prioritário da vacinação contra Covid-19. O projeto de lei nº 010/2021 é de autoria dos vereadores Vitinho Grandão (SD), Celso do Alba (MDB) e Claudio Thomaz (MDB), referente a tornar obrigatório no município a inclusão da população portadora de deficiências, e essa mesma categoria profissional, no grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19.
“Precisamos cuidar do povo e fazer as leis do nosso município andar”, disse Vitinho ao discutir a matéria. Ele comemorou muito quando a aprovação unânime foi anunciada pelo presidente. 
Publicidade
Ainda durante a sessão, os vereadores reconheceram como atividade essencial a prática de atividades e exercícios físicos, nas academias e espaços públicos em todas as dependências da cidade.
“Essa é uma lei importante, não só para a questão da saúde, mas também para a profissional. Há um grupo muito grande de cardiopatas, diabéticos e obesos no município e, mesmo na pandemia, temos que incentivar a prática de exercícios físicos para que esses cidadãos melhorem a qualidade de vida deles. Além disso, essa será uma porta de emprego para os profissionais da Educação Física, uma vez que eles auxiliarão as pessoas na prática de exercícios físicos ao ar livre, e também, nas academias, que ficarão abertas permanentemente. Ressalto que todas essas ações deverão obedecer aos protocolos de combate a Covid-19”, explicou o autor do projeto aprovado.
Publicidade

Conforme a Ordem do Dia, três projetos de lei e um projeto de resolução foram colocados em questão e unanimemente aprovados pelos 24 parlamentares, conectados na sessão ordinária on-line desta quinta-feira (15), regida pelo presidente da Câmara de Duque de Caxias, vereador Celso do Alba (MDB) e secretariada pelo vereador Claudio Thomaz (DEM).

O grande destaque foi a aprovação do PL nº 010/2021, de Vitinho Grandão (SD), Celso do Alba e Claudio Thomaz, referente a tornar obrigatório no município a inclusão da população portadora de deficiências, e essa mesma categoria profissional, no grupo prioritário para a vacinação contra a Covid-19. “Precisamos cuidar do povo e fazer as leis do nosso município andar”, disse Vitinho ao discutir a matéria. Ele comemorou muito quando a aprovação unânime foi anunciada pelo presidente.