Conta de luz pode ficar mais barata

Tarifa branca vai entrar em vigor em 2018

Por thiago.antunes

Rio - Os consumidores de energia elétrica terão, a partir do dia 1º de janeiro de 2018, a opção de pagar mais barato pela energia consumida fora do horário de pico. O prazo foi fixado ontem pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e as distribuidoras de todo o país vão ter que oferecer aos seus clientes a chamada tarifa branca.

No primeiro momento, ela deverá estar disponível para residências e comércio com consumo superior a 500 kWh por mês.

A partir de janeiro de 2019, o serviço também vai ser oferecido para aqueles com consumo superior a 250 kWh/mês. Já a partir de janeiro de 2020, todos os consumidores residenciais e de comércio terão acesso a ela, exceto os de baixa renda.

De acordo com a Aneel, a tarifa deve ser de 10% a 20% mais barata que a convencional e não é obrigatória. Os consumidores podem optar por ela ou manter a cobrança de sua conta de luz como ocorre atualmente.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia