Por thiago.antunes

Rio - O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) teve crescimento de 0,10 ponto percentual na última semana de outubro e ficou em 0,34%. Segundo o Instituto Brasileiro de Economia, da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), o grupo Transportes foi o que mais influenciou, ao passar de 0,49% na semana anterior para 0,80% nesta semana.

Nessa classe de despesa, o item gasolina foi o que mais se destacou, ao passar de 0,56% para 1,77%, embora recentemente a Petrobras tenha divulgado redução no preço do combustível nas refinarias.

O indicador acumula alta de 5,65% no ano e, nos últimos 12 meses encerrados em outubro, registrou aumento de 7,65%. Na apuração, sete das oito classes de despesa componentes do índice apresentaram alta.

Também registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Alimentação (-0,07% para -0,05%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,46% para 0,54%), Educação, Leitura e Recreação (-0,19% para 0,03%), Comunicação (0,63% para 0,89%), Despesas Diversas (-0,12% para 0,05%) e Vestuário (0,16% para 0,23%). Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento dos itens: hortaliças e legumes (-1,73% para 1,37%), artigos de higiene e cuidado pessoal (0,18% para 0,51%), show musical (-4,66% para -1,73%), tarifa de telefone móvel (0,73% para 1,41%), alimentos para animais domésticos (2,21% para 3,17%) e roupas (-0,13% para 0,20%), respectivamente.

Você pode gostar