Por

As auditorias feitas desde 2012 na folha de pensões do estado resultaram em uma economia acumulada de R$ 1,733 bilhão até dezembro do ano passado. A informação foi divulgada pelo governo do Rio na última quinta-feira.

O pente-fino identifica os casos em que os benefícios são pagos indevidamente, e também confirma quando há o direito à pensão. Quando são encontradas irregularidades, o pagamento é suspenso. O processo de auditoria ocorre com direito à defesa ao aposentado e cumprimento de prazos.

Este ano, a previsão de déficit orçamentário para a previdência estadual é de R$ 12 bilhões. E os gastos com aposentados e pensionistas devem consumir R$ 22,41 bilhões. Ano passado, o déficit previdenciário do estado foi de R$ 12 bilhões.

Você pode gostar
Comentários