Por

No segmento de crédito imobiliário, os bancos acirram a concorrência após a Caixa anunciar a redução dos seus juros em 16 de abril. O Banco do Brasil baixou as taxas em 24 de abril de 9,24% para 8,89% ao ano no Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e de 10,15% para 9,35% ao ano na carteira hipotecária.

O Santander mexeu nos juros em 25 de abril de 9,49% para 8,99% ao ano no SFH e de 9,99% para 9,49% ao ano no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). No Bradesco, os juros foram reduzidos de 9,3% para 8,85% ao ano do SFH, e de 9,7% para 9,3% ao ano no SFI.

A Caixa diminuiu a taxa mínima de 10,25% para 9% ao ano no SFH. A modalidade financia unidades de até R$ 800 mil para todo o país e no valor de R$ 950 mil para Rio, São Paulo, Minas e Distrito Federal. Os imóveis enquadrados no SFI, com valores acima dos limites do SFH, passaram a ter taxa mínima de 10% ao ano. Antes era de 11,25% ao ano.

Você pode gostar
Comentários