Empresas oferecem condomínio grátis na venda de imóveis

Quem comprar unidades só terá que pagar taxa a partir de janeiro de 2020

Por O Dia

Construtoras oferecem facilidades a quem pretende comprar imóvel próprio
Construtoras oferecem facilidades a quem pretende comprar imóvel próprio -

Rio - O codomínio é a segunda despesa que mais pesa no orçamento de quem paga aluguel no Rio. Pesquisa do Sindicato da Habitação (Secovi Rio) revela que o custo com a taxa varia de 18% a 26% do total dos gastos com moradia em vários bairros da cidade. De olho nesse quadro, construtoras oferecem facilidades a quem pretende comprar imóvel próprio, como quitação do condomínio por um ano. Há ainda vantagens como Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) grátis e armários na cozinha, quartos e banheiros, entregues na compra da unidade.

A Tegra Incorporadora, por exemplo, terá condições especiais para quem fechar hoje a compra do residencial Líbero. Unidades de dois quartos saem a partir de R$ 338 mil. O comprador terá financiamento de até 87% do valor do imóvel e só pagará o condomínio em janeiro de 2020.

O residencial terá 227 unidades, sete lojas de conveniência com variados serviços e mais de 20 itens de lazer. Os interessados vão visitar apartamento decorado, além de transitar pelo empreendimento, em fase final de acabamento. A entrega deve ser em novembro.

Já a área externa é outro diferencial do Líbero. Serão vários itens de lazer para toda a família, com piscinas adulto - raia de 20 metros - e infantil, deck molhado e solarium. O espaço fitness contará com academia, sauna e SPA.

Com ITBI grátis

Outra empresa que terá facilidades é a Avanço Realizações Imobiliárias, com imóveis prontos para morar em Olaria, Freguesia e Engenho de Dentro, e preços a partir de R$ 349 mil. O interessado poderá escolher entre ITBI grátis ou armários na cozinha, nos banheiros e nos quartos e mais um ano de condomínio pago pela Avanço.

A taxa de juros é de 8,9% ao ano, o FGTS poderá ser usado, e a empresa ainda aceitará o carro como parte do pagamento (avaliação de até 90% da tabela Fipe).

"Pesquisa com visitantes dos estandes mostra que não é apenas o valor que importa, que faz o cliente fechar negócio, e sim outros benefícios agregados ao imóvel", comenta Sanderson Fernandes, diretor da construtora.

Comentários

Últimas de Economia