Cederj: vestibular têm inscrições até o dia 31

As provas serão aplicadas em 1º de dezembro a partir das 9h (horário de Brasília). O resultado sai em 15 de janeiro de 2019

Por *EDDA RIBEIRO

Candidato deve escolher entre um dos nove cursos de licenciatura, como Matemática, Geografia, Letras ou um dos sete de bacharel, como Administração Pública, Engenharia de Produção, Tecnologia em Segurança Pública
Candidato deve escolher entre um dos nove cursos de licenciatura, como Matemática, Geografia, Letras ou um dos sete de bacharel, como Administração Pública, Engenharia de Produção, Tecnologia em Segurança Pública -

Rio - Os interessados em ingressar no Ensino Superior gratuito a distância têm até a próxima quarta-feira, dia 31, para fazer inscrição no vestibular do Centro de Educação Superior a Distância do Rio (Cederj). São 7.684 vagas em variados cursos numa das sete universidades públicas no estado a partir do 1º semestre de 2019. O cadastro pode ser feito pelo site da fundação Cecierj.

É preciso pagar taxa de R$ 88 para confirmar a inscrição. Ao preencher o formulário em cederj.edu.br no item 'Vestibular', o candidato deve escolher entre um dos nove cursos de licenciatura, como Matemática, Geografia, Letras ou um dos sete de bacharel, como Administração Pública, Engenharia de Produção, Tecnologia em Segurança Pública. Também precisa optar por umas das universidades que integram o consórcio Cederj: Cefet, Uenf, Uerj, UFF, UFRJ, UFRRJ e UniRio. É possível escolher até três de polos/universidades.

De 26 a 30 de novembro, estarão disponíveis no mesmo site os cartões de confirmação dos candidatos. As provas serão aplicadas em 1º de dezembro a partir das 9h (horário de Brasília). O resultado sai em 15 de janeiro de 2019.

Com o início das aulas, os universitários serão avaliados em atividades presenciais (provas) e a distância, em datas e horários pré determinados, seguindo o modelo semipresencial. O números de vagas por curso e em cada polo - são 33 no estado - pode ser conferido no edital no site da fundação.

O estudante de Engenharia de Produção João Gabriel da Fonseca, 21, cursa o 1º período de graduação na UFF, e contou que conciliar o trabalho com estudos foi uma das motivações para tentar o vestibular para curso a distância.

"Fiquei sabendo da Cederj pelas redes sociais, e tentei por duas vezes até passar. Além disso, o curso que faço é muito caro nas (faculdades) privadas, então é uma grande chance", disse.

Dicas para quem fará as provas

O vestibular do Cederj tem similaridades com o perfil do Enem na Redação. Coordenador do Pré-Vestibular Social, Juan Page sugere que os estudantes leiam temas relacionados à Cidadania, Direitos Humanos e Política, os mais pedidos na construção do texto.

Porém, não é o mesmo para questões objetivas. "As perguntas são mais conteudistas, até para dar base maior ao ensino a distância. Neste momento, é preciso focar no conteúdo que tem mais conhecimento", diz.

*Estagiária sob supervisão de Max Leone

Comentários

Últimas de Economia