Moda brasileira invade Miami

Segunda edição do Brazil Fashion Forum levará para a passarela criações de designers brasileiros

Por VIVIANE FAVER

Modelos vão usar criações brasileiras no Brazil Fashion Forum, em Miami
Modelos vão usar criações brasileiras no Brazil Fashion Forum, em Miami -

MIAMI (EUA) - A moda brasileira chegou para ficar, e brilhar, em Miami, nos Estados Unidos. Antecipando uma das semanas de arte mais movimentadas do mundo, a Art Basel, no final do mês será aberta a segunda edição do Brazil Fashion Forum. O evento, criado pela empresária brasileira em 2017, Flávia Marchesini, foi vencedor do Prêmio Press Award 2018 da Focus Brasil e ganhou o título de melhor evento cultural em Miami.

Em dois dias são esperadas mais de 1,5 mil pessoas, inclusive convidados VIPs. Lojas com o conceito “see now buy now” (veja agora, compre agora) serão montadas no salão principal, que tem 4 mil metros quadrados. Cada dia terá uma sequência de três estilistas.

“É uma grande responsabilidade promover os talentos brasileiros e promover uma experiência inovadora para outras pessoas que seguem nossa arte e cultura, reforçando a cada ano a presença de marcas brasileiras nos Estados Unidos”, avalia Flávia.

De acordo com Flávia, o Brazil Fashion Forum consolida uma novo conceito no mercado da moda e contribui para que Miami seja uma parada obrigatória no calendário anual de todos os fashionistas do mundo.

A empresária é a primeira brasileira a fechar parceria com o recém inaugurado Instituto Marangoni Miami. O evento de moda conta com o apoio do Consulado Geral do Brasil em Miami, que fará parte da programação com a palestra “Journey Through Brazilian Experiences”, promovido e desenvolvido pelo embaixador Adalnio Senna Ganem.

Para o executivo da Brasil Society, Christiano Marchesini, desenvolver um projeto desta magnitude nos EUA e levar várias marcas, designers e celebridades ao país não é uma tarefa fácil. “Criar cada edição requer muito esforço, dedicação e acima de tudo paixão no que está sendo feito. O maior desafio é conquistar a credibilidade e o apoio financeiro de importantes marcas. Mas, ao mesmo tempo, elevar a qualidade e as experiências no evento”, avalia Christiano.

Segundo ele, o público principal é, em sua maioria, de brasileiros que vivem e visitam Miami e que querem ter uma experiência sofisticada, além de se manterem atualizados sobre o que está acontecendo no Brasil e no mundo. “Estamos muito contentes também de ver a cada ano mais estrangeiros participando e curiosos sobre a nossa cultura e a beleza brasileira”, avalia.

Para o futuro, o executivo pretende incentivar a troca de experiências culturais incentivando designers da América Latina com a presença de um convidado especial. “Este ano por exemplo já estamos trazendo Carolina K representando a Argentina”, conta.

O Instituto Marangoni Miami tem um papel importante no evento por ser o parceiro educacional exclusivo do Brazil Fashion Forum (BFF). Com isso em mente, o IMM junto ao BFF estão oferecendo duas bolsas de estudo que serão sorteadas a partir de uma competição promovida pelo evento para talentos brasileiros.

Edição Martha Imenes

Últimas de Economia