Imóveis são leiloados com descontos de até 60%

Bancos financiam unidades retomadas em condições favoráveis

Por *EDDA RIBEIRO

Em alguns bancos, como na Caixa, é possível usar o FGTS nos leilões
Em alguns bancos, como na Caixa, é possível usar o FGTS nos leilões -

Rio - Comprar imóvel em leilão tem se mostrado uma tendência entre interessados em adquirir a casa própria. Por conta disso, bancos privados e públicos entraram nesse mercado e fazem, a partir da próxima segunda-feira, pregões de unidades retomadas. São oferecidas condições de financiamento que chegam a 80% do valor do imóvel. Também dão descontos de até 60% na aquisição. É possível conferir as condições mínimas e ter informações sobre as unidades via internet e presencialmente até o mês de dezembro.

O Santander, por exemplo, vai leiloar mais de mil imóveis, entre casas, apartamentos, salas comerciais e terrenos no 'Leilão Digital'. As taxas de juros são a partir de 8,4% ao ano (para pró-cotistas), com financiamento em até 420 meses. O comprador pode optar por obter desconto de 10% na compra à vista. Os débitos de condomínio e IPTU vêm quitados e a primeira parcela do crédito imobiliário só será paga em 2019.

Os interessados devem acessar www.santanderimoveis.com.br e escolher o imóvel. Para fazer o lance, serão direcionados ao site do leiloeiro parceiro - nesta ação são cinco: Biasi, Frazão, Mega, Sold e Zukerman - onde também farão cadastro e efetivação de participação. Os leilões acontecem a partir de segunda-feira e vão até dia 30 deste mês.

O Bradesco tem datas para leilão por meio do site www.bradesco.com.br. Na aba "Produtos e Serviços - Venda de Imóveis e Bens - Leilões de Imóveis", há opção de direcionamento para as páginas dos leiloeiros. É possível ler edital, descrição dos bens e ver fotos.

Após efetuar cadastro prévio no site do leiloeiro, a pessoa pode fazer ou até programar os lances automaticamente. Em novembro, as vendas vão até dia 30, e recomeçam para unidades no Rio em 6 de dezembro. Há condições financiar 80% do valor.

No próximo dia 29, a Caixa Econômica vai leiloar unidades no Rio. O banco financia até 80% do valor do imóvel, podendo usar o FGTS, em todas as modalidades de compra. Informações do edital estão no www.caixa.gov.br/voce/habitacao/imoveis-venda. Dessa vez, o leilão ocorrerá às 11h, na Avenida Rio Branco, 174 / auditório - subsolo, no Centro. São mais de 130 unidades no Município do Rio.

Unidades são para morar

Prova da tendência é que empresas especializadas que boa parte dos interessados é de 'marinheiro de primeira viagem'. A Investimais, que assessora compra de unidades retomadas, informou que cerca de 35% dos clientes estão adquirindo a primeira unidade para morar.

"A tendência é aumentar. Os bancos promovem campanhas com preços mais baixos e outras vantagens", afirma Patricia Curvelo, diretora da companhia.

Ela afirma que um dos pontos positivos de comprar imóveis via leilão é que têm valores abaixo do mercado, entre 30% a 40%, e podem representar até 70% de rentabilidade. Sem contar que a unidade está pronta para morar e é entregue desocupada com toda a documentação regularizada.

Mas é importante estar atento a dicas. Um delas, de acordo com Patrícia Curvelo, é pesquisar em sites de leilões e de empresas que prestam assessoria. Depois levantar a situação no Cartório de Registro de Imóveis.

*Estagiária sob supervisão de Max Leone

Comentários

Últimas de Economia