Pagamento de novembro dos servidores do estado não deve cair antes do dia 10

Secretário da Casa Civil informou também não haver previsão para que servidores ativos e inativos recebam o 13° salário

Por RAFAEL NASCIMENTO

Rio - O secretário da Casa Civil Sérgio Pimentel informou, nesta segunda-feira, que o pagamento de novembro dos servidores do estado do Rio não deverá cair antes do próximo dia 10. Pimentel afirmou também não haver previsão para que servidores ativos e inativos recebam o 13° salário. A informação foi divulgada no Palácio Guanabara após o lançamento do aplicativo Mapa Rio Metropolitano de Transporte — que mostra as ligações de todos os modais do estado.

“Acho difícil (o pagamento cair antes antes do dia 10). A previsão é que na quarta-feira tenhamos uma posição definitiva (sobre a data do pagamento). Temos a convicção que vamos conseguir anunciar o pagamento não só do salário do mês de novembro como também o do 13° (salário). A população pode ficar tranquila”, disse.

Perguntado o quanto o governo do estado tem em caixa e quanto falta para completar o montante, Pimentel disse que só a Secretaria de Fazenda poderia informar. “Os últimos pagamentos do Refis foram feitos na sexta-feira (30), e ainda não deu tempo para fazer a compensação bancária (para saber quando o governo terá no caixa)”, afirmou o secretário. 

“Só na quarta-feira, então, teremos os dados para definirmos o planejamento. Nós vamos conseguir”, salientou Pimentel.

Secretaria lança mapa para orientar usuários dos transportes no estado

A Secretaria Estadual de Transportes (Setrans) lançou, na tarde desta segunda, o “Mapa Rio Metropolitano de Transportes”. O objetivo é orientar a população fluminense e os turistas sobre os modais do estado e suas respectivas integrações.

“A importância é mostrar para a população e para os turistas, que vêm ao Rio, toda a rede de transporte e a sua integração. Entender o transporte vai fazer com que as pessoas passeiem mais pelo Rio”, disse Delmo Pinho, secretário estadual de transportes.

Todos os sistemas de transportes do estado — como estações e terminais rodoviários — serão obrigados a disponibilizarem o mapa em locais visíveis para os usuários. O material também poderá ser baixado na internet pelo QR Code.

O prazo de adequação é de 30 dias a partir desta segunda

Em um primeiro momento, a Secretaria Estadual de Transportes (Setrans) havia informado que o governador em exercício Francisco Dornelles, do Progressistas, iria participar do lançamento do aplicativo. Entretanto, Dornelles não apareceu no evento. Segundo a assessoria do governo do estado, houve uma antecipação da Setrans em divulgar a presença do governador.

Últimas de Economia