Rio tem 3.540 vagas de empregos

Além de estágios, empresas de recrutamento e feiras oferecem chance com salários de até R$ 8 mil

Por *EDDA RIBEIRO

Confira o mapa de oportunidades
Confira o mapa de oportunidades -

Rio - Hoje, o Estado do Rio concentra mais de 1,2 milhão de desempregados. Portanto, diante das incertezas sobre geração de mais vagas de trabalho a partir de 2019, a saída para a população fluminense é disputar as oportunidades que estão abertas. Seja para quem está na corrida por ocupação ou entrando no mercado, há 3.540 oportunidades, na capital e em pelo menos 12 municípios do estado. Os salários chegam a R$ 8 mil. As inscrições são online e presencial.

Na empresa de recrutamento Luandre, por exemplo, há 350 oportunidades para diversas vagas. As exigências são desde Ensino Fundamental ao Superior completo, com salários até R$ 8 mil. Candidatos com deficiência, que possuem Ensino Médio completo, podem concorrer a vagas na Cervejaria Ambev, para o cargo de Promotor.

Nas áreas do varejo, também para PCDs, há chances na rede de supermercados Mundial. Os contratados devem ser alocados na nova loja em Niterói. São 600 vagas abertas.

A Comunidade Gerando Vidas vai recrutar, pessoalmente, 640 candidatos para 13 empresas interessadas. Os cargos são de fiscal de loja, motorista de ônibus, auxiliar de loja, técnico de enfermagem, frentista, entre outras chances.

Já o CIEE e a Fundação Mudes selecionam estagiários, de vários cursos, com possibilidade de efetivação em alguns casos. Na B2W, tem vagas efetivas e para o programa Novos Talentos, nas áreas de Marketing, Financeiro, Jurídico e Programação.

O Estado do Rio ocupa, segundo dados do IBGE, o segundo lugar em desemprego no país, perdendo apenas para São Paulo. Na capital fluminense, mais de 400 mil estão fora do mercado, sendo que mais da metade (260 mil) não tem ocupação por insuficiência de horas trabalhadas ou falta postos no seu cargo de formação.

Como se comportar

Mais do que ter boa postura na hora da seleção, saber o que falar na entrevista pode aumentar as chances do candidato para conseguir a vaga. Sueli Fernandes, especialista em inserção profissional da Fundação Mudes, acredita que o excesso de informalidade atrapalha a conversa com o gestor.

"É importante que o candidato não use linguajar muito coloquial e até gírias com gargalhadas exageradas, pois sugere imaturidade e insegurança", esclarece Sueli.

Outra dica é nunca falar mal do último empregador. "O ideal é ser muito polido e sutil ao se referir às suas experiências anteriores, por mais que tenha se sentido injustiçado ou desvalorizado", recomenda.

Currículos aqui

- Ambev

Cadastro no link ambev.gupy.io/jobs/9599;

Documentos: currículo e CNH A/B definitiva;

- B2W Digital

Cadastro pelo somos.b2wdigital.com/;

Documentos: currículo;

- CIEE

Cadastro pelo portal.ciee.org.br/;

Documentos: comprovante de matrícula e documento de identificação;

- 'Gerando Vidas'

Balcão de vagas na Rua Moraes e Silva 94, Maracanã (Sinttel Rio);

Documentos: documento de identificação;

- Itaú

Cadastro no link https://site.vagas.com.br/IdCandSel.asp ; https://site.vagas.com.br/IdCandColetaCur.asp

Documentos: currículo e comprovante de matrícula (em caso de estágio)

- Luandre

Cadastro pelo site www.luandre.com.br

Documentos: CPF, currículo atualizado;

- Mudes

Cadastro no www.mudes.org.br/;

Documentos: comprovante de matrícula e documento de identificação;

- Mundial

Enviar currículo para curriculorh@supermercadosmundial.com.br, ou 2131-7001, no caso de PCDs;

- Walter's Coiffeur

Enviar currículo pelo e-mail rh@waltercoiffeur.com.br;

Documentos: Comprovante de experiência.

*Estagiária sob supervisão de Max Leone

Galeria de Fotos

Confira o mapa de oportunidades Arte: O Dia
Ellen Rocche Reprodução

Comentários

Últimas de Economia