No estado, prova de vida vinha sendo feito no Bradesco - Divulgação
No estado, prova de vida vinha sendo feito no BradescoDivulgação
Por EDDA RIBEIRO*

Brasília - Na hora de pagar tributos estaduais, o contribuinte terá mais facilidade. A Secretaria Estadual de Fazenda publicou resolução que amplia o serviço bancário para quem paga impostos como o ICMS e outras taxas, que atualmente só são recebidas nas agências do Bradesco. O serviço, que deve ficar disponível no segundo semestre deste ano, já é liberado para empresas e contribuintes que não são do estado.

A pasta não confirmou quais bancos vão receber os pagamentos. Até o meio do ano, as instituições financeiras poderão aderir ao contrato de prestação de serviço ao Fisco Estadual.

Fazem parte da lista de tributos que poderão ser pagos o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e por Doação de Quaisquer Bens e Direitos (ITD), e taxas recolhidas por Documento de Arrecadação do Estado do Rio de Janeiro (Darj).

Fim da taxa de correção

A partir da próxima terça-feira, o contribuinte que precisar corrigir dados de documentos de apuração sobre impostos não terá mais que pagar pelas alterações.

O documento, chamado Escrituração Fiscal Digital (EFD), também era pago somente nas agência dos Bradesco. O serviço de correção vai ser feito pelo próprio contribuinte no sistema Fisco Fácil.

*Estagiária sob supervisão de Max Leone

Você pode gostar
Comentários