Procon notifica a Gol e pede explicações sobre promoção de voos por R$ 3,90

Site da companhia aérea apresentou instabilidade e chegou a ficar fora do ar no horário da venda dos bilhetes. Na web, muita gente reclamou

Por O Dia

Avião da Gol
Avião da Gol -
Rio - A Fundação do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) notificou e pediu explicações, nesta quarta-feira, à Gol para que a empresa esclareça sobre a comercialização de passagens aéreas internacionais por R$ 3,90, na noite de terça-feira. 
A companhia havia anunciado a oferta de bilhetes para vários países da América do Sul, para compras feitas de 21h30 às 23h30, durante a partida entre Brasil e Venezuela pela Copa América. No entanto, o site da empresa apresentou instabilidade, e quem tentava acessar o portal, não conseguia. O passageiro via uma mensagem de erro.
Mesmo diante da enxurrada de críticas e reclamações nas redes sociais, às 21h59, a Gol comemorou o "sucesso da ação" no Twitter. 
O Procon pede esclarecimentos sobre onde foram disponibilizados e quais os termos e condições da referida promoção; quantas passagens aéreas foram comercializadas nesta promoção; quais canais de venda foram disponibilizados para acesso dos consumidores; em quanto tempo foram comercializadas estas passagens.
A empresa também terá que enviar relação de consumidores que conseguiram adquirir passagens durante a vigência da promoção com indicação de destino, e-mail e telefone de contato. A Gol terá 24 horas para apresentar resposta.
Em nota, a Gol informou que a ação, em parceria com Brahma, teve um alcance recorde e as 140 passagens a preço especial foram vendidas em poucos minutos. "Tivemos inúmeros acessos simultâneos, o que fez com que nosso site sofresse instabilidade", disse. A companhia aérea ainda não se pronunciou sobre a notificação do Procon. 

Comentários