Caixa financiará imóvel com juros fixos sem correção

Nova modalidade de crédito imobiliário anunciada pelo banco tem taxas entre 8% e 9,75% ao ano

Por Marina Cardoso

Nova linha começa a valer a partir de hoje. São condições válidas para unidades residenciais novas e usadas
Nova linha começa a valer a partir de hoje. São condições válidas para unidades residenciais novas e usadas -

Para facilitar o acesso ao financiamento da casa própria, a Caixa Econômica lançou ontem uma nova linha de crédito imobiliário com taxas fixas. Com a alternativa anunciada, o imóvel poderá ser adquirido com juros a partir de 8% até 9,75% ao ano, dependendo do tempo de financiamento e do relacionamento do cliente com o banco. As condições são válidas para unidades residenciais novas e usadas, com possibilidade de financiamento de até 80% do valor do imóvel. As contratações com esses regras já começam a valer a partir de hoje.

Com a nova linha de crédito, os clientes terão a oportunidade de escolher entre os tipos de contratação - correção pela Taxa Referencial (TR), definida pelo Banco Central; pela inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) - ou mesmo sem qualquer correção. Isso quer dizer que podem ficar livres da correção da TR.

"Não estamos mais limitados somente às linhas de crédito imobiliário atualizadas pela TR. Estamos revolucionando o mercado imobiliário no país. É uma nova alternativa para o cliente que busca financiar seu imóvel sabendo quanto vai pagar da primeira à última prestação ", afirmou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães no lançamento da linha de crédito.

Os clientes poderão escolher entre os sistemas de amortização SAC, para contratos de até 360 meses, e Price, para financiamentos de até 240 meses. 

"Vamos permitir que as pessoas tomem empréstimos por 20 anos, 30 anos, sabendo desde o primeiro dia quanto elas vão pagar", afirmou Guimarães.

Para simular a compra de um imóvel, a Caixa oferece na sua plataforma informações para os clientes fazerem tentativas por meio do seguinte link: www.caixa.gov.br. Caso os clientes decidam pela contratação, devem procurar uma das agências do banco ou correspondentes Caixa Aqui para fazer a avaliação do crédito.

Juro do especial deverá cair

Além do anúncio da nova linha de financiamento para casa própria, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, sinalizou ontem que o banco deve reduzir para menos de 4,95% ao mês os juros do cheque especial no banco. 

"Estamos por enquanto em 4,95%. Hoje é dia do crédito imobiliário, mas a gente vai reduzir também, acabamos de aprovar isso. Esse 4,95% será reduzido porque nós estamos ganhando muito dinheiro e vamos devolver para sociedade", disse Guimarães, durante a cerimônia da Caixa no Palácio do Planalto, que contou com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

Vale lembrar que no fim do ano passado o Banco Central (BC) adotou medida para limitar os juros do cheque especial em 8% ao mês, que começou a valer em janeiro deste ano para clientes novos. Nesse cenário, a Caixa já vem praticando taxas de juros bem inferiores ao limite estipulado pelo BC.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários