Presidente da Caixa, Pedro Guimarães - Wilson Dias / Agência Brasil
Presidente da Caixa, Pedro GuimarãesWilson Dias / Agência Brasil
Por ESTADÃO CONTEÚDO
Brasília - O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, afirmou que o banco aguarda a aprovação do Senado para poder iniciar o pagamento social de R$ 600 ao mês para trabalhadores informais. Ele disse que o pagamento deve ocorrerá em agências bancárias, lotéricas e pelo celular.

De acordo com Guimarães, o pagamento deve ter um escalonamento da mesma forma que ocorreu com o saque do FGTS no ano passado.

Um calendário deve ser divulgado. Ainda segundo ele, aqueles que possuem conta na Caixa receberão o valor integral em suas contas Os que não forem correntistas do banco podem fazer transferência gratuita para outros bancos.

"A Caixa fará parte do esforço sempre para ajudar a população", disse durante coletiva de imprensa ao lado do presidente Jair Bolsonaro, no Palácio do Planalto.
Senado votará proposta na segunda-feira
Publicidade
O Senado vai realizar uma sessão remota na próxima segunda-feira para votar o projeto que garante um auxílio emergencial de R$ 600 a trabalhadores informais e pessoas com deficiência à espera do Benefício de Prestação Continuada (BPC). A sessão na segunda-feira foi anunciada pelo vice-presidente do Senado, Antonio Anastasia (PSD-MG), pelo Twitter.