Faetec libera pagamento de bolsa para cotistas

Repasses, que estavam suspensos há três meses, foram creditados na conta dos bolsistas do Ensino Superior da rede

Por MARTHA IMENES

Bolsa é oferecida pela Faetec como forma de garantir que o aluno carente possa continuar os estudos
Bolsa é oferecida pela Faetec como forma de garantir que o aluno carente possa continuar os estudos -
Os alunos bolsistas do Ensino Superior da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) já podem sacar o grana da bolsa, que corresponde a meio salário mínimo, hoje em R$ 522. A Faetec depositou o pagamento referente a três meses da bolsa cotista para 700 alunos, que receberão de uma única vez os auxílios correspondentes aos meses de abril, maio e junho. O pagamento, segundo a fundação, entrou na conta no dia 22. 

Essa bolsa cotista é uma forma que visa garantir a frequência dos alunos carentes nas unidades escolares, a partir da cobertura de gastos eventuais com demandas ligadas às atividades educativas, como alimentação, transporte, cópias de matérias de estudo, entre outros. Com a interrupção das atividades acadêmicas presenciais, o repasse foi suspenso. 
No entanto, com a publicação da lei nº 8905, de 19 de junho de 2020, que proibiu qualquer tipo de interrupção ou suspensão destes pagamentos durante a vigência da situação de emergência decorrente da pandemia de coronavírus, os repasses puderam ser realizados.

"Estamos muitos felizes em garantir o benefício dos bolsistas. Desde que esta lei passou a vigorar, a Faetec, junto à Secti (Secretaria de Tecnologia e Inovação) e a Secretaria de Fazenda, vinha trabalhando para que todos os alunos pudessem ser atendidos o mais rápido possível. Agora, todos os nossos esforços se encontram para o pagamento dos terceirizados”, destaca Maicon Lisboa, presidente interino da Faetec.
Para o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Leonardo Rodrigues, o pagamento das bolsas é de fundamental importância para que os alunos possam continuar arcando com eventuais custos durante a pandemia. “Sabemos que muitos estudantes estão passando por dificuldades financeiras, principalmente neste momento. Por meio de um trabalho conjunto, não medimos esforços para que esse recurso saísse o quanto anos. Essas bolsas vieram em boa hora e vão ajudar a desafogar o orçamento de muitas famílias”, completou Rodrigues.

Comentários