Governo espanhol anunciou uma nova prorrogação, até 16 de março, das restrições impostas aos voos do Reino Unido, Brasil e África do Sul - Reprodução internet
Governo espanhol anunciou uma nova prorrogação, até 16 de março, das restrições impostas aos voos do Reino Unido, Brasil e África do SulReprodução internet
Por O Dia
A BR Distribuidora retomou, na manhã deste domingo, a comercialização de gasolina de aviação a seus clientes e revendedores, após receber os laudos do fornecedor atestando que os novos lotes do produto se encontram dentro das especificações determinadas pelos órgãos reguladores. Na sequência, a companhia realizou todos os testes recomendados ao distribuidor.

De modo a regularizar o abastecimento no menor espaço de tempo possível, a base da companhia em Cubatão (BACUB), atualmente o único polo de suprimento de AVGAS no país, está operando em regime estendido.

A BR segue aguardando os esclarecimentos de seu fornecedor sobre o ocorrido, tendo se colocado à disposição para colaborar no aprofundamento das investigações.
A venda da gasolina de aviação pela BR foi suspensa no dia 3 de fevereiro após ter sido detectada a existência de um parâmetro do combustível fora dos limites de especificação, o que valeu à empresa e a outras distribuidoras uma notificação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para prestação de informações no prazo de 48 horas sobre o produto. Também foram notificadas Raízen, Gran Petro, Air BP Brasil, Rede Sol, Petróleo Sabba, Air BP Petrobahia e Petrobahia.
Publicidade