Beneficiários nascidos em março irão receber os recursos nas contas Poupanças Sociais Digitais referentes à primeira parcela do programa
Beneficiários nascidos em março irão receber os recursos nas contas Poupanças Sociais Digitais referentes à primeira parcela do programaMarcello Casal Jr/Agência Brasil
Por O Dia
Neste domingo, a Caixa realiza mais uma etapa de pagamentos do Auxílio Emergencial 2021. Beneficiários nascidos em março irão receber os recursos nas contas Poupanças Sociais Digitais referentes à primeira parcela do programa.
A partir desta data, os valores já podem ser movimentados pelo aplicativo CAIXA Tem para pagamento de boletos, compras na internet e pelas maquininhas em mais de um milhão de estabelecimentos comerciais. 
Publicidade
Confira o calendário de pagamento completo: 
06/04 - nascidos em janeiro
09/04 - nascidos em fevereiro
11/04 - nascidos em março
13/04 - nascidos em abril
15/04 - nascidos em maio
18/04 - nascidos em junho
20/04 - nascidos em julho
22/04 - nascidos em agosto
25/04 - nascidos em setembro
27/04 - nascidos em outubro
29/04 - nascidos em novembro
30/04 - nascidos em dezembro
Publicidade
Atendimento ao cidadão
A central telefônica 111 da CAIXA funciona de segunda a domingo, 24h por dia, e está pronta para atender os beneficiários do Auxílio Emergencial. Além disso, o banco disponibiliza, ainda, o site auxilio.caixa.gov.br.

Pelas regras estabelecidas pela Medida Provisória 1.039/2021, o Auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo.

É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. O beneficiário recebe o maior valor, seja a parcela paga no programa, seja a do Auxílio Emergencial.

O valor médio do benefício será de R$ 250, variando de R$ 150 a R$ 375, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família.

As famílias, em geral, recebem R$ 250, a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375;
e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.