Capacitação a startups em estágio operacional

Fintech.Rio oferece formação para iniciativas voltadas para inovação no setor financeiro. Programa é fruto de parceria com a cooperativa Sicoob RJ

Por O Dia

Rio - As chamadas ‘Fintechs’, sigla para Financial Technology — plataforma digital para obtenção de empréstimos — despontam como uma alternativa para quem busca empréstimos em agências bancárias com juros estratosféricos. Essa nova estratégia global para reduzir custos e até mesmo o tempo de espera em decorrência de trâmites burocráticos veio para ficar no Brasil. O aplicativo, conhecido como ‘Uber do setor financeiro’, chegou por aqui em 2015. E já há até uma formação destinada a empreendedores do setor.

Banco Digital Maré%2C Menu for Tourist%2C Osayk%2C Otimiza%2C Papelada e Preço Certo foram as primeiras iniciativas beneficiadas pelo projetoDivulgação

A Plataforma.Space oferece capacitação técnica, infraestrutura, crédito, acesso ao mercado, clientes e valor agregado para startups em estágio operacional. O ‘Fintech.Rio’, primeiro programa voltado para o segmento, teve início em março e terminou neste mês, com uma programação voltada para a inovação nos serviços financeiros.

Crescimento de startups

As startups cariocas Banco Digital Maré, Menu for Tourist, Osayk, Otimiza, Papelada e Preço Certo, selecionadas pelo programa, já contabilizam o crescimento com a experiência. “O Rio de Janeiro possui empreendedores, capital intelectual, uma comunidade forte, investidores e um ambiente que tem tudo para se desenvolver. Acreditamos no potencial local e estamos fazendo a nossa parte para trazer mais soluções, capital e empregos”, antecipa Eduardo Diniz, diretor-executivo do Sicoob RJ, cooperativa de crédito singular, uma das responsáveis pela iniciativa.

Além de todos os benefícios do programa, as startups foram integradas à Rede Sicoob, projeto de intercooperação e networking exclusivo para associados. Segundo Diniz, as startups não foram selecionadas por acaso. “Nosso programa é a prova que é possível criar inovação fora de um centro tradicional como São Paulo. Não diria que somos uma aceleração em si, mas um programa de incentivo ao crescimento de empresas que conseguem sustentar crescimento de pelo menos 20% ao ano, durante três anos seguidos”, diz.

Próxima turma a partir de julho

A previsão, segundo o diretor da Sicoob RJ, é que já surja um edital para a próxima turma do Fintech.Rio no começo de julho. “Pensamos na Plataforma.Space com a mesma lógica de uma startup. Nossa intenção é validar um modelo de negócio que seja escalável, deixando um legado real para a cidade do Rio de Janeiro”, explica Eduardo. De acordo com o executivo, o próximo passo é fazer estudos e levantamentos para obter o máximo de aprendizado possível. “Somos algo diferente, que o mercado não está acostumado, já que não somos públicos nem privados, mas cooperativos. Acreditamos na força do que estamos fazendo aqui”, finaliza.

Últimas de _legado_Empregos e Negócios