Centenas de eleitores se aglomeram em frente à casa de Jair Bolsonaro (PSL), na Barra da Tijuca - Gustavo Ribeiro/ Agência O Dia
Centenas de eleitores se aglomeram em frente à casa de Jair Bolsonaro (PSL), na Barra da TijucaGustavo Ribeiro/ Agência O Dia
Por O Dia

Rio - Centenas de eleitores se aglomeram em frente ao condomínio do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), na Avenida Lúcio Costa, na Barra da Tijuca. O capitão da reserva registra 47,35% dos votos válidos, com 88% das urnas apuradas. Com camisas verdes-amarelas e bandeiras do Brasil, emitem gritos de guerra como "Lula, ladrão, seu lugar é na prisão" e "Mito! Mito!", além de "A nossa bandeira jamais será vermelha".

A corretora de seguros Aline Jesus Machado, 25 anos, é carioca e fala que Bolsonaro representa esperança para a segurança no Rio e no Brasil. " Estou aqui pela minha família e pelas pessoas que sofrem com a violência neste país. A bandidagem está demais. Temos que tomar uma providência pra isso, que no momento é um choque: o Bolsonaro", disse.

O condomínio conta com forte esquema de policiamento. O clima é de final de Copa do Mundo, com vuvuzelas, bandeiras do Brasil e fogos. Há também um boneco inflável do ex-presidente Lula vestido de presidiário, que ficou conhecido como 'pixuleco'.

O segundo turno será realizado no dia 28 de outubro.

Você pode gostar