Haddad rebate resposta de Bolsonaro que o chamou de 'canalha' sobre ação contra fake news

Petista classificou a declaração do adversário como sendo 'do nível do candidato'

Por AFP

'Eu vou até a uma enfermaria na boa, para fazer o debate', afirmou Haddad
'Eu vou até a uma enfermaria na boa, para fazer o debate', afirmou Haddad -

São Paulo - O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, comentou, nesta terça-feira, a resposta de seu adversário, Jair Bolsonaro (PSL), sobre a sua proposta de que ambos assinassem conjuntamente uma "carta de compromisso contra as fake news".

O ex-capitão do Exército rejeitou a proposta do petista, fazendo duras críticas ao seu adversário. "O pau mandato de corrupto me propôs assinar uma carta de compromiso contra as mentiras na internet. O mesmo que está inventando hoje que vou aumentar o imposto de renda para os pobres. É um canalha!", Bolsonaro afirmou, em seus perfis na rede social.

Indagado por jornalistas sobre a resposta do deputado, Haddad alfinetou: "Recebemos uma resposta do nível do candidato".

Canal para denúncia

O candidato do PT fez campanha em São Paulo nesta terça - Nelson Almeida / AFP

Após a realização do primeiro turno das eleições, o PT criou um número de telefone para receber denúncias de fakes news.

Entre domingo e segunda, circularam muitas notícias falsas que afirmavam que Haddad teria renunciado à candidatura, que Lula teria apoiado Bolsonaro ou sobre uma urna eletrônica que só permitia o voto no candidato petista. Todas as informações foram desmentidas.

Galeria de Fotos

'Eu vou até a uma enfermaria na boa, para fazer o debate', afirmou Haddad Nelson Almeida / AFP
O candidato do PT fez campanha em São Paulo nesta terça Nelson Almeida / AFP