Por O Dia

Rio - É falsa uma mensagem que circula em grupos de Whatsapp afirmando que o candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) está "perdendo o apoio de várias pessoas" por ter sido acusado de estuprar uma menina. 

A montagem que circula por aí mostra uma foto do presidenciável e de uma menina de 11 anos que seria a suposta vítima. O texto diz, ainda, que o site "Uol" e o "Jornal Nacional" teriam noticiado o crime.  Os dois veículos afirmam que nunca divulgaram nenhuma notícia com as falsas alegações. 

A imagem diz que a menina se chama Vitória e tem 11 anos. No entanto, a foto exibida é da atriz e cantora Esther Marcos, que atualmente tem 16 anos. Ela fez parte do elenco da novela "Carrossel", exibida em 2012 e reprisada pelo SBT atualmente. 

"As pessoas que estão divulgando essa fake news estão cometendo crime. E terão de responder na Justiça", diz a assessoria de Fernando Haddad em nota publicada no site oficial do ex-presidente Lula.

A assessoria da atriz Esther Marcos confirmou que a foto é da adolescente e que os pais dela entrarão na Justiça contra os autores da falsa notícia. "A AG Comunicação Integrada, assessoria de imprensa da cantora e atriz Esther Marcos, informa que a foto foi utilizada indevidamente e de forma errônea. Todas as medidas legais serão tomadas pelos pais da artista". 

Você pode gostar