Fernando Haddad - Eduardo Carmim / Parceiro / Agência O Dia
Fernando HaddadEduardo Carmim / Parceiro / Agência O Dia
Por ESTADÃO CONTEÚDO

São Paulo - Depois das críticas de que não havia dado o telefonema de praxe ao adversário Jair Bolsonaro (PSL), para cumprimentá-lo pela vitória na corrida à Presidência da República, neste segundo turno, Fernando Haddad (PT) usou as redes sociais para cumprimentá-lo.

Usando do mesmo expediente de se comunicar pelas redes sociais, largamente utilizado pelo capitão da reserva nessa disputa, Haddad disse em sua conta pessoal na rede Twitter na manhã desta segunda-feira que deseja sucesso ao presidente eleito.

"Presidente Jair Bolsonaro. Desejo-lhe sucesso. Nosso país merece o melhor. Escrevo essa mensagem, hoje, de coração leve, com sinceridade, para que ela estimule o melhor de todos nós. Boa sorte!", disse Haddad.

Jair Bolsonaro (PSL) venceu a eleição presidencial com 55% dos votos válidos, após passar todo o segundo turno como favorito, de acordo com a série de pesquisas. A tendência de queda verificada nas três pesquisas Ibope, feitas entre o dia 15 e a véspera da votação, não foi forte o suficiente para permitir sua ultrapassagem pelo adversário, Fernando Haddad (PT), que ficou com 45% dos votos.

Em números absolutos, foram 57,7 milhões de votos para o candidato do PSL, e 47 milhões para o petista.

Você pode gostar