Por O Dia
Na live desta quinta-feira com o humorista Cláudio Manoel, o candidato a prefeito pelo Novo, Fred Luz, falou sobre suas propostas para a Educação na rede municipal. O ex-dirigente do Flamengo defendeu que o foco prioritário da gestão deve ser garantir a qualidade do aprendizado e redução do analfabetismo funcional.

Durante a live, Fred explicou sua proposta prioritária para melhorar a educação na rede municipal. “O objetivo é garantir que todas as crianças estejam alfabetizadas ao final do primeiro ano do Ensino Fundamental, que aprendam a cada ano sem que sejam reprovadas (sem aprovação automática), e que, ao final de quatro anos do mandato, o Rio seja um dos melhores do Brasil. Infelizmente hoje, ao final do 3º ano, 50% das crianças são analfabetas funcionais, isto é, são incapazes de compreender o que leem e, ao final do 9º ano, 81% não têm o conhecimento adequado”, explicou.

O candidato adiantou que pretende copiar e aplicar as práticas de cidades que já estão dando certo, como no Ceará, Pernambuco, Piauí e Espírito Santo. “Faremos avaliações de dois em dois meses para identificar a necessidade de reforço escolar e aplicar este reforço imediatamente. Esta prática permite também identificar necessidades de apoio e capacitação para professores e diretores das escolas. Também vamos estabelecer uma rotina de relacionamento com os pais e responsáveis pelos alunos para reduzir a evasão escolar e criar ambiente de colaboração para o aprendizado de seus filhos”.

Com relação aos professores, Fred Luz garantiu que vai valorizar a sua experiência, criando com eles canais para avaliação das metodologias e condições da rede escolar. “Os professores sabem exatamente quais são os problemas e como resolvê-los. Eles serão ouvidos”.
Diante da pergunta sobre segurança nas escolas, feita por uma mãe que tem filhos na rede municipal, o candidato informou que vai usar a Guarda Municipal e a Polícia Militar para fazer este trabalho, dentro do plano de segurança integrado com os governos federal e estadual, que pretende implementar.
Publicidade
Por fim, Claudio Manoel, ex-aluno de escola pública, assim como Fred, sugeriu o uso das escolas nos horários ociosos para atividades de cultura, como teatro, música e literatura, que servem tanto para estimular a formação intelectual dos alunos quanto para tornar a educação mais atraente. A ideia foi aprovada de pronto pelo candidato.