Candidata à Prefeitura do Rio pelo PT, Benedita da Silva, no Morro da Mangueira - Wagner Silva
Candidata à Prefeitura do Rio pelo PT, Benedita da Silva, no Morro da MangueiraWagner Silva
Por O Dia
A candidata à Prefeitura do Rio pelo PT, Benedita da Silva, esteve, nesta quarta-feira, no Morro da Mangueira, Zona Norte. Durante a caminhada, Benedita pegou o microfone e levou os moradores ao delírio ao soltar a voz para cantar "Exaltação à Mangueira", um dos hinos da Estação Primeira.

“Mangueira, teu cenário é uma beleza que natureza criou", começou a cantar a candidata do PT à Prefeitura, abraçada a Guanayara Firmino, vice-presidente da escola de samba, e cercada por moradores.

Antes de subir à Travessa Saião Lobato, Benedita entregou a Guanayara e outros sambistas presentes uma lista com 13 compromissos de sua prefeitura com o mundo do samba, entre eles a ajuda financeira para que as escolas de samba se fortaleçam para o desfile e o trabalho social que fazem.

Em discurso no meio da ladeira, Benedita reafirmou a certeza de que está no segundo turno e convocou os eleitores a conseguir mais votos até domingo.

“A gente sabe que é difícil, mas, se a mulherada quiser, não tem para ninguém. O meu compromisso é com as nossas comunidades. Eu morei 57 anos no Chapéu Mangueira, estou com 78 anos, e estou com muita garra, muita força, e mais ainda agora recebendo esse apoio fantástico, extraordinário", disse Benedita.

Ela ainda defendeu "emprego para a juventude e para a mulherada" e falou de seus projetos para "unir o morro ao asfalto", reduzindo a desigualdade com apoio às atividades econômicas nas favelas.

Ao falar sobre a importância do carnaval para a geração de emprego e renda nas comunidades, a candidata falou da importância da diversidade cultural e religiosa.

“Nossa comunidade é plural, tem o povo do axé, tem evangélico, tem católico. Eu sou evangélica há muito tempo, não sou de ocasião, e quero que vocês saibam que respeito é bom e eu gosto. Para que eu seja respeitada, eu preciso respeitar o sagrado do outro", discursou a candidata.

A carta-compromisso entregue aos sambistas foi a seguinte:

"O carnaval carioca é a maior festa popular do planeta. Ele projeta o nome da cidade por todos os continentes, atraindo turistas do mundo inteiro. É um grande símbolo de liberdade de expressão, que se propaga através das letras dos sambas de enredo, dos corpos dos passistas e do canto dos foliões.
Só que muita gente ainda vê nosso carnaval com olhar estreito, com um viés preconceituoso e sem a percepção de que ele é, antes de mais nada, uma fonte poderosa de inclusão social e de geração de empregos.
Uma prefeitura verdadeiramente comprometida com a liberdade de expressão, com a dignidade dos nossos trabalhadores e com a redução das nossas desigualdades precisa pensar no carnaval carioca com a seriedade e o respeito que ele merece.
Publicidade
Por isso, a candidata à prefeita Benedita da Silva e sua vice, Enfermeira Rejane, vêm a público esclarecer quais são os 13 compromissos da coligação "É a vez do povo" com o Carnaval carioca.

1. Apoio financeiro `a realização dos desfiles das Escolas de Samba.

2. Facilitação da captação de patrocínio junto à iniciativa privada.

3. Reconhecimento das Escolas de Samba como polos de formação técnica e profissional.

4. Reforma de barracões da Cidade do Samba para Escolas que tenham ensino profissionalizante.

5. Intermediação e ajuda às Escolas que não possuem quadra própria.

6. Inclusão dos ensaios técnicos no calendário turístico da cidade.

7. Inclusão dos desfiles dos blocos de rua no calendário oficial da cidade.

8. Apoio `as Escolas de Samba Mirins para formação de novos talentos.

9. Valorização de eventos tradicionais, como a entrega da chave da cidade ao Rei Momo.

10. Modernização do Terreirão do Samba para receber festivais e concursos o ano todo.

11. Reconhecimento das Rodas de Samba como espaços culturais.

12. Criação de um setor específico de apoio ao carnaval na Secretaria de Cultura.

13. Criação do Museu do Carnaval.

Estes são os compromissos que assumimos com os realizadores dessa grande festa que é o Carnaval Carioca. Mas o maior de todos os compromissos é o de manter abertas as portas da Prefeitura ao diálogo com as Escolas de Samba e com os blocos da nossa cidade."