Rio,04/09/2020 -COVID-19 -CORONAVIRUS,BOTAFOGO,Materia Especial, Palacio da Cidade, Especial com Marcelo Crivella.Na .Foto. Marcelo Crivella.Foto: Cleber Mendes/Agência O Dia - Cléber Mendes
Rio,04/09/2020 -COVID-19 -CORONAVIRUS,BOTAFOGO,Materia Especial, Palacio da Cidade, Especial com Marcelo Crivella.Na .Foto. Marcelo Crivella.Foto: Cleber Mendes/Agência O DiaCléber Mendes
Por O Dia
O candidato à reeleição a prefeito do Rio, Marcelo Crivella, disse, na manhã desta sexta-feira, que, se for escolhido pela população para continuar à frente da gestão municipal, iluminará todo o Rio de Janeiro com led para garantir economia para o bolso do contribuinte e dos cofres públicos.

“Vamos iluminar todos os bairros da cidade. Vou fazer todos, os das zonas Oeste, Norte, Centro, Sul. Serão 450 mil pontos substituídos com a vantagem de que a nossa conta de luz hoje é de 20 milhões e, com o LED, o valor cairá pela metade. Metade! E isso significa mais uma economia, em escala de milhões, além da possibilidade de investimentos em outras áreas no Rio de Janeiro”, afirmou Crivella, na Praça Srg. Fábio Pavani, na Pavuna, onde foi em campanha e conversou de perto com as pessoas.

O candidato explicou que os benefícios a partir Parceria Público Privada vão além da redução do consumo de energia em 50%. Ele destacou que a mudança na iluminação da cidade coloca o Rio em uma nova era, do consumo de energia mais consciente. De acordo com o prefeito, o projeto de modernização e de substituição dos equipamentos realizado pela Rioluz garante uma iluminação de qualidade, tendo em vista a capacidade de regulagem das lâmpadas de LED, e a durabilidade de dez anos desse equipamento.

“Esse é o primeiro passo para uma transformar o Rio em uma Smart City (cidade inteligente). Já trocamos mais ou menos 40 mil, e repito, serão 450 mil novos pontos de luz na cidade toda. Destes, 11 mil terão câmera de segurança e 5 mil contarão com identificação facial. Teremos também mais 5 mil pontos de wi-fi. Uma praça como esta em que estamos hoje passa a ter vida nova. É a modernização que o Rio merece e, indo além, é uma questão de segurança pública”, disse Crivella.