Ministro Luís Roberto Barroso, atual presidente do TSE - Abdias Pinheiro / TSE
Ministro Luís Roberto Barroso, atual presidente do TSEAbdias Pinheiro / TSE
Por iG
Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pediu hoje (14), durante pronunciamento em cadeia nacional de rádio e TV, que os eleitores não deixem de votar no primeiro turno das eleições municipais neste domingo (15).

O ministro lembrou ainda como era "triste e feio" o período em que a sociedade não podia exercer o direito ao voto.

"Não deixe de votar. Era triste e feio o tempo em que não tínhamos esse direito. A sua cidade e o Brasil terão a cara de quem comparecer às urnas. Para exigir, é preciso participar", disse o magistrado.

O presidente do TSE também também pediu que a polpulação vote de forma consciente. "Selecione com cuidado o seu candidato. Ainda há tempo. Se informe acerca de sua seriedade e credibilidade. [...] Não existem "nós e eles. Eles são aqueles que nós colocamos lá", continuou.

Máscaras de proteção
Barroso também pediu que os eleitores que vão às urnas se protejam e utilizem máscaras de proteção ao novo coronavírus.

"Use máscara. É obrigatório. E ela protege você e os outros. Se possível, leve sua própria caneta. E mantenha distância de ao menos um metro das outras pessoas", declarou.