Por bferreira

Rio - O preconceito contra a opção eleitoral dos nordestinos, propagada em redes sociais após a divulgação do resultado da corrida eleitoral, será alvo de apuração do Ministério Público Federal. O órgão, através da Procuradoria Geral da República, vai analisar as denúncias que têm recebido desde segunda-feira através da internet.

Nesta terça-feira, O DIA mostrou que muitas das ofensas e xingamentos contra o povo nordestino partiram de supostos eleitores dos presidenciáveis Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB), revoltados com a expressiva votação que a presidenta Dilma Rousseff recebeu na Região Nordeste (mais de 16 milhões de votos).

Alguns internautas ofendem os nordestinos por causa do resultado do primeiro turno das eleiçõesReprodução Facebook

Algumas das postagens foram reunidas no Tumblr ( ferramenta que compartilha fotos e textos) ‘Esses Nordestinos’. Em uma das mensagens, a internauta pedia até que separassem o Nordeste do restante do país.

Diante das várias denúncias recebidas de eleitores, a Procuradoria Geral vai analisar cada caso separadamente. Hoje, o procurador geral vai decidir ainda se o caso pode gerar uma medida única. Ainda segundo o órgão, os cidadãos podem fazer denúncias através do site www.cidadao.mpf.mp.br.

Já o Tribunal Superior Eleitoral informou que pode abrir uma apuração sobre os casos de preconceito contra os eleitores, caso haja representação oficial de partidos ou coligações que se sentirem incomodados ou prejudicados pelas ofensas. Procurada, a Polícia Federal não respondeu se vai abrir investigação sobre as mensagens preconceituosas.

Dois dias antes da votação, o Ministério da Justiça já havia publicado em sua página no Facebook um cartaz contra o preconceito. A mensagem alerta para não confundir “discurso de ódio com liberdade de expressão”.

Muitas das ofensas partiram de supostos eleitores de Aécio Neves (PSDB) e Marina Silva (PSB)Reprodução Twitter
Uma nordestina tenta se defender%2C porém um internauta insiste nos insultosReprodução Facebook


Você pode gostar