Pezão rebate acusações de Crivella e chama ataques de 'desespero'

Candidato à reeleição disse que, a quatro dias das eleições, alfinetadas do adversário valem 'muito pouco'

Por nicolas.satriano

Rio - Cumprindo agenda de campanha, o candidato Luiz Fernando Pezão (PMDB) visitou, na tarde desta quarta-feira, o centro de Itaborái, na região metropolitana do Rio de Janeiro. Lá, Pezão chamou de "desespero" os últimos ataques do adversário, Marcelo Crivella (PRB), na corrida eleitoral pelo Palácio Guanabara. O oponente chegou a dizer que Pezão fez parte de escândalo na Petrobras.

"Esses ataques a quatro dias das eleições valem muito pouco. Estamos na reta final e eu acho que ele está ficando um pouco desesperado. O resultado da pesquisa que ele contratou nao está se confirmando.", afirmou Pezão. Após caminhada pelo centro comercial de Manilha, no mesmo município, o candidato-governador fez carreata por Itaboraí.

Para Pezão, ataques de adversário a quatro dias da eleição valem "muito pouco"Bruno de Lima / Agência O Dia

Crivella dispara contra Pezão

Crivella acusou, na noite desta terça-feira, o oponente Pezão de fazer parte do escândalo de corrupção da Petrobras. A acusação foi feit durante um comício em Campos, norte fluminense, reduto eleitoral da família Garotinho, que esteve presente em apoio à sua candidatura.

"Daqui a pouco vai sair nos jornais a mão do Pezão no escândalo da Petrobras. Vai ser uma vergonha ver este homem ser apeado do poder e a eleição ser anulada. Ele roubou a Petrobras", disse Crivella, sem meias palavras. O candidato afagou o agora aliado Anthony Garotinho, que reuniu quase 10 mil pessoas para o maior comício da campanha do Crivella.

"Foram tantas injúrias que Garotinho sofreu ao longo da campanha, que acabaram abalando sua candidatura. Mas eu peço ao povo de Campos que enxugue as lágrimas. O revés não diminui, nem desmerece Garotinho, sobretudo após este gesto de esquecer a dor, lamber as feridas e se unir a uma candidatura com apenas um pedido: derrotar Cabral", disse Crivella.

Saiba: Crivella diz que Pezão roubou a Petrobras durante comício em Campos

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia