Polícia Militar vai utilizar 35 mil policiais nas eleições no Rio

No dia do pleito, serão 20.788 PMs dando segurança a 5.418 locais de votação

Por thiago.antunes

Rio - A Polícia Militar definiu o esquema de policiamento para o fim de semana das eleições, em que trabalhará em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Cerca de 35 mil policiais serão empregados para garantir o direito fundamental do voto em todo o Estado do Rio ao longo do fim de semana. No dia da eleição, serão 20.788 PMs dando segurança a 5.418 locais de votação.

Do total do efetivo, 455 PMs estarão à disposição do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e 212 à disposição do Ministério Público. O esquema especial já começa na sexta-feira a partir das 13h. Participam do esquema, além dos batalhões convencionais e das Unidades de Polícia Pacificadora, também as unidades de Policiamento Especializado (BOPE, BPChoque, BPVE, BPTur, BPRv, BAC, BPGE, GAM, GEPE, GPFer e RPMont).

O policiamento terá bases de referência, chamadas de Pólos de Detenção. O 1º Comando de Policiamento de Área e o 2° Comando de Policiamento de Área já definiram os locais de seus pólos – já os outros CPAs, na Baixada, Niterói e Interior, definirão junto com as respectivas comarcas.

Na capital, os pólos serão Maré (base do CPOR, Exército), Del Castilho (3ºBPM), Honório Gurgel (9ºBPM), Olaria (16ºBPM), Barra da Tijuca (31ºBPM), Bangu (14ºBPM), Jardim Botânico (23ºBPM) e Madureira (41ºBPM). A região de Santa Cruz terá dois pólos – um no 27ºBPM (Santa Cruz) e outro no 40ºBPM (Campo Grande).

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia