Lazio bate Roma na primeira final entre as equipes e leva a Copa da Itália

Classico de Roma terminou com título para equipe azul

Por pedro.logato

Itália - Em uma final inédita em 83 anos de história do 'Derby della Capitale', a Lazio derrotou a Roma por 1 a 0 no Estádio Olímpico neste domingo e conquistou o título da Copa da Itália, o primeiro da equipe em quatro anos. Desde dezembro de 1929, ano de sua primeira edição, o clássico foi disputado 172 vezes, mas nunca antes em uma decisão.

Lazio venceu o clássico de RomaEfe

Com o triunfo, os 'biancocelesti' foram campeões da copa pela sexta vez e deram sua primeira volta olímpica desde 2009, ano em que venceu a mesma competição. Graças ao gol marcado por Lulic, a Lazio iguala a Fiorentina como quarta maior campeã da Copa da Itália, atrás justamente da Roma (9 títulos), da Juventus (9) e da Inter de Milão (7).

De quebra, o time arrebatou a última vaga do país na próxima Liga Europa, se juntando à própria Fiorentina e à Udinese. A Roma teve três brasileiros entre os titulares, os zagueiros Marquinhos e Leandro Castán, que atuou na lateral esquerda, e o meia Marquinho. O lateral Dodô e o meio-campista Rodrigo Taddei ficaram no banco, mas só o primeiro foi para o jogo. Na Lazio, o técnico Vladimir Petkovic escalou o meia Hernanes, convocado para a Copa das Confederações, enquanto o zagueiro André Dias e o volante Éderson foram deixados entre os reservas.

O jogo foi movimentado desde os primeiros instantes, e a etapa inicial foi de chances de gol para os dois lados. As melhores foram dos 'biancocelesti', que logo aos três minutos deram um susto na torcida adversária. Lulic bateu de fora da área, o goleiro Lobont deu rebote e Klose acertou a rede, mas pelo lado de fora. Lobont se destacou mais uma vez aos 38 minutos, em ótima cabeçada de Klose. O atacante alemão aproveitou cruzamento, se deslocou em meio à marcação e testou firme para grande intervenção do arqueiro rival.

A segunda etapa começou com dois chutes perigosos de fora da área de atletas da Roma. Aos quatro minutos, Marquinhos teve liberdade pela meia direita e finalizou à direita do alvo; aos 13, foi a vez de Totti aproveitar passe de Balzaretti e arrematar à esquerda. Depois de certa pressão do adversário, a Roma se mostrou viva no clássico aos 22. Depois de levantamento da esquerda, Mauri acertou um voleio e por pouco Klose não completou para o gol. Três minutos depois, Candreva foi à linha de fundo pela direita e cruzou para a área. Lobont ainda desvia, mas a sobra fica limpa com Lulic, que bateu no contrapé de Marquinhos. O empate quase aconteceu logo na sequência, aos 27, mas a bola não entrou. Totti cobrou falta, Marchetti se complicou na defesa e a bola beijou o travessão e ficou com o goleiro. A Roma até esboçou uma pressão em busca da igualdade, que levaria a decisão para a prorrogação, mas em nenhum momento a partir daí Marchetti foi fortemente ameaçado, e a Lazio ficou com o título.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia