Por rafael.arantes

Japão - O piloto japonês Kamui Kobayashi, que arrecadou US$ 1,8 milhão em uma campanha para tentar obter uma vaga no grid da Fórmula 1, se comprometeu a devolver o dinheiro de seus doadores caso não consiga retornar à categoria no ano que vem. No fim do ano passado, Kobayashi não teve seu contrato renovado com a Sauber, que em 2013 tem como pilotos o alemão Nico Hulkenberg e o mexicano Esteban Gutiérrez.

Piloto pretende devolver arrecadação se não voltar à Fórmula 1Efe

Com isso, o japonês iniciou uma "vaquinha" para obter o apoio financeiro necessário para se manter na F-1. Atualmente, ele colabora com a Ferrari, mas quer voltar a ser titular na próxima temporada.

"Quero voltar no ano que vem e quero deixar claro que as doações arrecadadas através da campanha 'Apoio a Kamui' não foram utilizados neste ano porque são exclusivamente para obter uma vaga na F-1", esclareceu o piloto.

"E se não conseguir utilizar o dinheiro para a F-1 no próximo ano, quero devolver todas as doações", completou.

Você pode gostar