Por cadu.bruno
Publicado 02/06/2013 17:44 | Atualizado 02/06/2013 18:37

Rio - O Estádio Jornalista Mário Filho, o Maracanã, recebe um grande número de pessoas para o jogo entre as seleções do Brasil e da Inglaterra, evento teste da Federação Internacional de Futebol (Fifa), marcado para as 16h.

O estádio vai ser reinaugurado depois de quase três anos de uma reforma feita para que a arena receba os jogos da Copa das Confederações, a partir do dia 15 deste mês, da Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

Serão avaliados 16 quesitos pela Fifa, entre eles limpeza, gramado, serviços ao espectador, tecnologia, alimentação, transporte, estrutura para a transmissão de TV e segurança. Os portões foram abertos pouco depois das 13h.

Torcida faz a festa no MaracanãMárcio Mercante / Agência O Dia

A segurança está a cargo de 1.500 agentes privados, além de mil policiais militares, dos quais 350 ficarão no interior do estádio. Técnicos da Comissão Nacional de Energia Nuclear (Cnen) estão nas entradas do estádio, com aparelhos que detectam material radioativa, para checar a presença de material nuclear.

Torcedores felizes com reabertura

Os torcedores que chegam para o jogo falam da alegria de poder participar da reinauguração do Maracanã. Rudimar Reis, de Curitiba, elogiou a beleza do Maracanã e tudo que o novo estádio oferece. “Temos a estrututra de outros países para que possamos receber eventos internacionais. Isto aqui, no Brasil. é muito importante”, ressaltou. Ele está no Rio de Janeiro em viagem de turismo e aproveitou para assistir ao jogo da seleção.

Alex Xavier, de São José dos Campos, interior de São Paulo, declarou que está no Rio especialmente para o jogo. Segundo ele, a última vez que esteve no Maracanã foi há 20 anos. “O estádio agora está muito diferente. Espero que seja bem funcional. Que a gente possa ter segurança, alimentação legal e banheiros funcionando”, disse.

Obras custaram mais de R$ 800 milhões

Um grupo torcedores de ingleses confraternizava com os brasileiros em um bar próximo. Um deles, Mark Grove, declarou que acompanha os jogos de sua seleção pelo mundo e manifestou a sua alegria de poder conhecer o Maracanã. “Este é o meu centésimo, octogésimo sétimo jogo. Vir ao Maracanã é um sonho tornado realidade. Aqui é onde o melhor futebol foi sempre jogado”, ressaltou.

As obras do Maracanã, iniciadas no segundo semestre de 2010, duraram quase três anos e custaram mais de R$ 800 milhões. Mesmo depois de sucessivas postergações no prazo de entrega da reforma, prevista inicialmente para ser concluída no final de 2012, o estádio foi entregue à Federação Internacional de Futebol (Fifa) no final do mês passado ainda inacabado.

Neste sábado, operários ainda eram vistos trabalhando na área externa do estádio. Além do atraso na conclusão da obra, o novo Maracanã foi objeto de outras polêmicas. Na última quinta-feira, a Justiça fluminense chegou a impedir o jogo inaugural, atendendo a um pedido do Ministério Público para que o estádio só fosse liberado depois de comprovada a segurança e higiene para os torcedores. No mesmo dia, o governo do estado conseguiu cassar a liminar.

Você pode gostar