Haiti reage e consegue empate histórico contra a Itália

Seleção da América Central buscou empate após estar perdendo por dois a zero

Por pedro.logato


Rio - Para a Itália, um tropeço em um amistoso com pouco valor, para o Haiti, um resultado histórico. Atuando em São Januário, as duas equipes empataram por dois a dois. Os italianos, que atuaram com os jogadores reservas, chegaram a abrir vantagem, mas permitiram o empate da equipe americana. O amistoso foi o último teste da Azzura antes da estreia na Copa das Confederações no próximo domingo, contra o México, às 16h, no Maracanã.

Equipe da América Central buscou empateErnesto Carriço / Agência O Dia

A Itália começou dando a impressão de que golearia facilmente o adversário. Com apenas 19 segundos, Giaccherini abriu o placar para os tetracampeões. Depois do gol, os italianos demonstraram muita preguiça e acabaram sendo ameaçados pelos time do Haiti. A primeira etapa terminou com vantagem mínima para os europeus.

O segundo tempo começou com o mesmo equilíbrio do final da primeira etapa. Alguns titulares como Montolivo, De Rossi e Balotelli entraram, melhorando o rendimento da Itália. Com isso, Marchisio marcou o gol que parecia dar mais tranquilidade a Azzura. Porém, era apenas aparência, Saurel, aos 39 minutos, cobrando pênalti e Peguero, aos 45, deixaram tudo igual para o Haiti.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia