Morre Djalma Santos, bicampeão mundial com a seleção brasileira

Ex-lateral direito de 84 anos teve uma parada cardiorrespiratória em decorrência de uma pneumonia

Por rafael.arantes

Djalma Santos morre aos 84 anosCarlos Moraes / Agência O Dia

Minas Gerais - Djalma Santos, considerados um dos melhores laterais-direitos da história do futebol, morreu nesta terça-feira, às 19h30, aos 84 anos em decorrência de uma parada cardiorrespiratória, provocada por um quadro grave de pneumonia, informou o boletim médico do Hospital Dr. Hélio Angotti, em Uberaba (MG), onde estava internado desde 1º de julho.

Djalma defendeu três clubes na carreira, Portuguesa, Palmeiras e Atlético Paranaense, e em todos é considerado um ídolo - nunca recebeu cartão vermelho por nenhum deles. Pela seleção brasileira, ele disputou 111 partidas e quatro Copas do Mundo, sendo campeão na Suécia-1958 e no Chile-1962.

Djalma Santos é o segundo jogador que mais vezes defendeu a Portuguesa, com 434 aparições. Pelo Palmeiras, é o sétimo em número de partidas disputadas, com 498.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia