Por rafael.arantes

Alemanha - O Borussia Dortmund bateu o Bayern de Munique por 4 a 2 neste sábado, conquistando a Supercopa da Alemanha pela quarta vez em sua história, de quebra, se vingando do rival que o derrotou na decisão da Liga dos Campeões da Europa, em maio. No duelo envolvendo o campeão alemão, também da Copa da Alemanha e da 'Champions', e o vice europeu e nacional, levou a melhor o time que ficou sem títulos na temporada passada. Os gols da conquista foram marcados por Reus, duas vezes, Van Buyten, contra, e Gündogan.

Marco Reus foi decisivo para a conquista do Borussia DortmundEfe

Autor do gol do título continental, Robben marcou os dois do time bávaro. Esta é a quarta conquista do time de Dortmund, que jogou em seu estádio, o Signal Iduna Park, na competição. Com isso, o clube alcança o próprio Bayern de Munique, maior campeão da Supercopa, que existe desde 1987. A vitória dos comandados de Jürgen Klopp frustra a chance do técnico espanhol Josep Guardiola levantar sua primeira taça com o Bayern, com a quebra de uma sequência irrepreensível do clube.

Esta também é a primeira derrota do ex-comandante do Barcelona em 10 amistosos disputados. Para o jogo de hoje, o Bayern deu uma "goleada" no quesito alterações com relação a final de dois meses atrás. Foram cinco mudanças contra uma do rival. O destaque entre as caras novas é o meia espanhol Thiago Alcântara, recém-contratado junto ao Barcelona por 25 milhões de euros. Todos os brasileiros do Bayern, Rafinha, Dante e Luiz Gustavo começaram o jogo no banco de reservas. O zagueiro foi um dos jogadores que estavam na decisão do torneio em Wembley. O volante, por sua vez, entrou nos minutos finais daquele jogo.

Você pode gostar