Por pedro.logato

Rio - Lyoto Machida sonhava com a chance de voltar a lutar no Brasil, algo que não acontecia desde 29 de outubro de 2006. Na ocasião, o Dragão derrotou Dimitri Wanderley por nocaute técnico no terceiro round da sexta edição do Jungle Fight e deixou um gostinho de quero mais para os brasileiros. Neste sábado, contra Phil Davis, o carateca vai fazer o co-main event do UFC Rio 4, neste sábado, e matar a saudade de lutar por aqui. O desafio, porém, será tentar anular o wrestling do americano.

Lyoto Machida ao lado do seu adversário Phill DavisAndré Mourão / Agência O Dia

"Sou um atleta que prefere a luta em pé, e o Davis derruba muito, então tenho que colocá-lo no meu jogo. Esta será a principal estratégia da luta. Treinei para fazer três ou quatro rounds de wrestling na grade. É luta de MMA, não é luta de Boxe, Caratê… Estou preparado para todas as áreas, inclusive no chão", afirmou o brasileiro, completando sobre a emoção de atuar em casa.

"Eu assisti a todos os UFC’s no Brasil, vi como foi o evento, gostei muito da torcida, a energia da galera. Meu sonho está se realizando e estou muito feliz pela oportunidade", ressaltou o carateca, muito festejado pela torcida presente ao treino aberto do UFC Rio 4, nesta quinta-feira, no Circo Voador, casa de shows do Centro do Rio.

UFC 163 (UFC Rio 4)
3 de agosto de 2013, no Rio de Janeiro

CARD PRINCIPAL
José Aldo x Chan Sung Jung
Lyoto Machida x Phil Davis
Cezar Mutante x Thiago Marreta
Thales Leites x Tom Watson
John Lineker x José Maria No Chance

CARD PRELIMINAR
Vinny Magalhães x Anthony Perosh
Amanda Nunes x Sheila Gaff
Serginho Moraes x Neil Magny
Ian McCall x Iliarde Santos
Rani Yahya x Josh Clopton
Ednaldo Lula x Francimar Bodão
Viscardi Andrade x Bristol Marunde

Você pode gostar